INFOGRÁFICO: 10 Hábitos das Pessoas Ricas

Enriquecer nada mais é do que ter bons hábitos com o seu dinheiro. Mesmo começando com pouco, é possível chegar lá. Veja aqui os 10 Hábitos das Pessoas Ricas.

Você possui algum desses hábitos?

Comente com a gente se você possui algum outro hábito que ajuda a enriquecer.

Hábitos das Pessoas Ricas Infográfico

Gostou desse infográfico?

Então dá só uma olhada nessa VIDEOAULA EXCLUSIVA que eu preparei!

Nela eu ensino três simples passos que te farão trilhar o caminho para a Liberdade Financeira, mesmo que você:

  • Seja leigo na Bolsa de Valores;
  • Não tenha nenhum dinheiro guardado para começar;
  • Não tenha tempo para estudar e acompanhar o mercado.

Mas atenção: as vagas são limitadas. Acesse agora mesmo e selecione o seu horário!

Abraços e bons investimentos!

Como ficar rico sem um salário milionário? Veja 16 dicas que podem ajudar!

como ficar rico

Quem não gostaria de saber uma fórmula que ensinasse como ficar rico? Então, receita pronta não existe. Mas, é possível identificar algumas características que são comuns às pessoas que conquistam aquilo que desejam.

E, acredito que você irá concordar comigo que repetir os hábitos de quem conseguiu conquistar aquilo que você deseja, pode ser um atalho facilitador para o sucesso.

Lembrando que os termos “sucesso”, “vencer na vida” e ser “rico”, possuem um significado distinto para cada ser humano. O que podemos afirmar é que cada um busca descobrir como ficar rico por um motivo em comum: realizar sonhos.

Por isso, segue abaixo 16 dicas que ajudarão você a descobrir como ficar rico:

1. Quando você reclama, você passa a atrair coisas negativas.

como ficar rico

A principal diferença entre uma pessoa com a mente rica e uma pessoa com a mente pobre é a forma como ela se posiciona perante uma dificuldade.

Todo mundo conhece alguém que reclama de tudo, mas que não faz nada para resolver o problema.

É muito mais confortável reclamar do que agir. Mas, eu sei que se você está lendo esse texto, você não busca pelo cômodo, você quer uma vida extraordinária. Caso contrário, você não estaria buscando informações de como ficar rico.

2. Para atingir um objetivo você precisa sair da zona de conforto.

Existe uma coisa muito importante que você precisava saber caso queira descobrir como ficar rico. Para conquistar algo, para atingir um objetivo, é preciso abrir mão de muitas situações confortáveis.

Afinal de contas, acredito que você concorde que não existe lógica em esperar resultados diferentes quando você faz as mesmas coisas sempre, não é mesmo?

A lógica é a seguinte: se o seu objetivo é viver confortável, você nunca será rico. Mas se o seu objetivo é ficar rico, você viverá confortavelmente.

3. Se você não estiver totalmente comprometido em ser rico, há grandes chances de você nunca ser. 

A partir do momento que você traçar um objetivo, não descanse até conseguir.

Aliás, você deve estar envolvido em trabalhar para realizar os seus sonhos em todos os momentos do seu dia. Cada atividade, por mais trivial que possa parecer, deve ser feita com a intenção de atingir aquilo que você está almejando para o futuro.

4. A Lei da Renda: você é pago pelo valor que entrega.

como ficar rico

Você precisa entender a diferença entre valor e preço. Preço está relacionado a uma análise simplória de uma quantia em números. Você só consegue definir se um preço é alto ou não, quando você enxerga o valor que aquele produto possui.

Você pode pagar R$ 5 reais por um almoço e este almoço ser considerado caro, caso ele não possua valor (a comida pode ser péssima, isso fará os R$ 5 reais terem sido desperdiçados).

Por isso, que você precisa deixar sempre bem claro o valor do serviço/produto que você oferece, assim você receberá um preço justo por ele.

5. Agarre as oportunidades quando enxergar uma.

Tudo na vida pode ser uma oportunidade, só depende do jeito como você enxerga. Faça das suas dificuldades um combustível para reinventar a sua estratégia para conquistar a liberdade financeira.

Não enxergue problemas e sim oportunidades.  

6. Se você inveja o que as pessoas possuem, você nunca terá o que elas têm.

Por que motivo você iria sentir qualquer sentimento que fosse diferente de admiração, em relação àquelas pessoas que possuem o que você também gostaria de ter?

Observe essas pessoas com o intuito de aprender com elas para que você consiga não apenas entender como ficar rico, mas ser rico de verdade! Inclusive, aqui tem um livro com 60 dicas dos maiores investidores do mundo (o download é gratuito). Este conteúdo pode ajudar você a ter várias ideias de como ficar rico.

7. Não tenha vergonha de conhecer pessoas bem sucedidas. Se elas podem, você também.

Você sabia que o ser humano é uma espécie de ímã?

O que você é atrai quem estará a sua volta. E ao contrário também, se você estiver cercado de pessoas positivas, com uma vida próspera, as suas chances de virar uma pessoa assim são maiores ainda.

Evite se relacionar com quem é tóxico e coloca você para baixo, esteja cercado de pessoas que sejam realmente grandes.

8. Você tem algo que pode ajudar as pessoas? Faça com que elas conheçam você.

como ficar rico

A confiança também possui um papel importantíssimo no processo de aprendizagem de como ficar rico.

Por isso, você não pode ter receio, medo de oferecer um serviço, um produto ou de falar bem de você mesmo. Se você não confiar no seu potencial, quem confiará?

9. O segredo do sucesso não é evitar os problemas, mas ser maior que eles.

O tamanho de um problema depende do tamanho como você se coloca diante dele. Por isso, seja grande sempre. Um problema nunca poderá ser maior do que você.

Sendo assim, você nunca terá um problema grande o suficiente para fazer você desistir dos seus objetivos.

10. Nunca determine um limite para os seus ganhos.

Pense comigo, se você tem confiança no seu trabalho, por que motivo o resultado não será bom?

Portanto, tenha um preço de acordo com o seu resultado e não com o tempo que você gasta naquilo. Não esqueça, se você não acreditar no seu potencial, ninguém mais acreditará.

11. Se você estiver satisfeito com suas conquistas, não atingirá novos objetivos.

Eu preciso que você tire da sua cabeça que você tem que escolher uma coisa ou outra. Não mesmo! Nunca se contente com uma única opção, você pode ser feliz e trabalhar muito. Assim como é possível ganhar muito dinheiro fazendo o que gosta e ainda assim conviver bastante com a família.

Desconstrua essa ideia e acredite que você pode ter o que você achar que é justo para sua vida.

12. A verdadeira riqueza é quanto sobra no seu bolso e não quanto você ganha.

como ficar rico

Um alto salário nunca poderá ser responsável pela sua segurança financeira. Você precisa focar na construção de um patrimônio.

Por este motivo é tão importante que você tenha o pleno controle das suas finanças, para que todo mês você consiga guardar dinheiro com o objetivo de aumentar o seu patrimônio.

13. Enquanto você não conseguir gerenciar o que é seu, não ganhará mais.

Essa dica é bem importante. Ser rico não significa apenas ganhar dinheiro, tanto que até agora diversos dos princípios que tem como objetivo fazer você descobrir como ficar rico, estão muito mais ligados a maneira como você enxerga as coisas do que com o dinheiro em si.


Então, nunca deixe o dinheiro controlar você através de gastos exorbitantes, seja organizado e tenha o pleno controle da sua vida financeira.

14. O dinheiro é uma semente. Se reinvestido, se multiplicará em mais dinheiro.

Mais uma vez  está aparecendo a importância de você ter o controle do dinheiro e não ele o controle da sua vida.

E sabe uma ótima alternativa para fazer o seu dinheiro trabalhar para você? Investindo da maneira correta. Aliás, se você já é leitor aqui do blog, já deve saber o quanto a filosofia do GuiaInvest é ajudar pessoas a conquistarem a liberdade financeira por meio de um caminho de conhecimento.

15. Faça o que é fácil e a vida será difícil. Faça o que é difícil, e sua vida será fácil.

Eu sei que esta afirmação parece estranha, mas a lógica é o seguinte.

Quando você se prepara para o mais difícil a tendência é que tudo se torne mais fácil. Já que você não foi surpreendido e estava capacitado para uma situação de dificuldade elevada.

16. Treinar e cuidar da sua mente é uma das principais habilidades que você deve ter.

como ficar rico

Por fim, eu acredito que este seja o comportamento mais importante de ser seguido. Eu gostaria que você enxergasse que quando você está aberto a coisas novas, você nunca deixa de aprender.

E sabe o que acontece quando alguém aprende coisas novas com frequência?

Essa pessoa evolui em todos os pontos da sua vida. Quem se acomoda e acredita que já sabe tudo, deixa de viver.

Portanto, busque diariamente aprender algo inusitado, algo que você não sabia no dia anterior. E caso você queira colocar este hábito em prática agora, aqui você acessa uma videoaula gratuita que ensina como investir em ações com pouco dinheiro (gerando uma renda extra de até R$ 5 mil).

Não esqueça que as pessoas que são verdadeiramente sábias, nunca desperdiçam a oportunidade de conhecer algo novo.

Conhecimento que transforma: de curioso a investidor

Conheça a história de Rodrigo Moutinho, que adquiriu o conhecimento que transforma um curioso em um investidor de sucesso

O analista de sistemas e desenvolvedor, Rodrigo Carvalho Moutinho, começou cedo a se preocupar com os investimentos. Aos 27 anos, ele já adquiriu o conhecimento que transforma: aprendeu que a melhor maneira de multiplicar seu dinheiro para um dia viver de renda é através das ações de boas empresas.

Morador de Petrópolis/RJ, ele está noivo e, desde que tirou seu dinheiro da poupança há cerca de três anos, passou a incentivar a família e os amigos a aplicarem o dinheiro da melhor forma também. Conheça um pouco mais da história do Rodrigo e como ele teve sucesso na Bolsa de Valores a seguir!

Resultados

  • Parou de perder dinheiro na poupança;
  • Perdeu o medo de investir em ações e viu que pode ser bem fácil;
  • Atingiu a média de 42% de lucro com suas ações, e alguns papéis específicos chegam a 69%.

O Problema

Investir não era um problema para Rodrigo. Ele sempre teve o hábito de poupar, mas estava naquela realidade inerte de quem segue os conselhos do gerente do banco, ou deixa o dinheiro parado na poupança. Ele sentia que podia atingir resultados mais altos, já que suas escolhas não traziam um rendimento muito satisfatório.

“Eu era a massa, né?! Estava na poupança e na previdência privada, que todo mundo acha que é legal.”

Quando percebeu que havia algo de errado, começou a pesquisar sobre investimentos conservadores. Logo depois, cancelou a previdência privada e levou seu dinheiro para o Tesouro Direto. Ou seja, saiu da zona de conforto e passou a se dedicar a descobrir, por si só, as opções mais adequadas para seus objetivos. Começou a resolver seu problema entendendo o mercado de renda fixa, que é tão ou mais seguro quanto poupança, mas a maioria das pessoas não conhece pela falta de educação financeira.

Foi a curiosidade que o levou ao conhecimento que transforma, e ele passou a pesquisar sobre o mercado de ações. Quando as coisas começaram a dar certo na renda fixa, ele pensou que poderia ser uma boa ideia descobrir mais sobre renda variável, pois era totalmente leigo no assunto.

“Nesse momento eu pensei ‘pô, tem algo a mais do que a renda fixa, né’, vou conhecer esse mundo de renda variável.”

Assim, descobriu o curso Árvore da Riqueza e a ferramenta GuiaInvest PRO e que, segundo Rodrigo, foram a virada de chave na sua vida!

“Até então eu não sabia nada sobre investir em ações. Sabia o que era renda variável, mas não sabia como se fazia para investir.

O começo foi um pouco incômodo, afinal, procurar alternativas que não sejam assim tão óbvias demanda esforço e dedicação. Rodrigo, no entanto, percebeu que os resultados eram muito melhores do que ele via até então. Percebeu que deveria se tornar sócio de bancos, e não colocar seu dinheiro neles!

“O basicão é ter uma conta no banco e ir passando para a poupança. Às vezes isso é automático, porque é muito simples e cômodo. Mas quando você percebe que aquilo é extremamente ineficiente, aí as pessoas que se predispõem a buscar mais conhecimento percebem que estão perdendo dinheiro desse jeito”.

Com o curso e a ferramenta, ele percebeu que a renda variável pode ser uma excelente forma de investir, diferente daquela fama de “perigosa” que muitas pessoas imaginam dela.

“O mercado é de confiança se você souber o que está fazendo, é só estudar.”

A Solução

A mudança na vida de Rodrigo começou quando ele conheceu o site Clube dos Poupadores, o primeiro a desmistificar todas as ideias que ele tinha sobre investimentos e o mercado financeiro.

“Eu já era bem regrado e fazia economia, mas era tudo pra poupança. Foi então que descobri o site Clube dos Poupadores, ali tive meu primeiro contato com renda fixa. Quando eu fiquei curioso sobre ações, li o texto do Leandro Ávila que falava sobre o treinamento Árvore da Riqueza, onde o André ensina sobre investimento através da análise fundamentalista.”

A partir desse momento, Rodrigo passou a acompanhar os conteúdos do GuiaInvest e viu que estava ao seu alcance começar a comprar ações para se tornar sócio de bons negócios. Quando comprou o treinamento, recebeu a oferta do GuiaInvest PRO, ferramenta que facilita a escolha das boas empresas na bolsa de valores, e decidiu que ela seria sua aliada.

“Aprendi que tenho que procurar empresas que se mantêm lucrativas constantemente, então vou lá no GuiaInvest PRO e uso o Stock Guide para ver o histórico de lucro. Consigo achar essas empresas de forma fácil, e ainda posso filtrar para ver se em algum momento elas tiveram prejuízo.”

Para ele, um dos principais benefícios trazidos pelo GuiaInvest PRO foi a flexibilidade de estar acompanhando o mercado em tempo real sem depender das ferramentas das corretoras de valores.

“Encontro informações fundamentais para iniciar o estudo dos papéis, como preço justo, último trimestre e Raio-X.”

O conhecimento se transforma em confiança para investir com menos risco e mais assertividade. Rodrigo diz que está cada vez mais motivado e já chegou a 30% de lucro com as ações.

“E se o mercado cair, vou colocar mais dinheiro, porque aí é uma chance de comprar aquele papel por um valor mais barato. Sempre tento focar no preço justo lá, para não ficar especulando. Também gosto de analisar o cenário da economia, para ver o que pode acontecer futuramente pra eu estar ganhando junto com isso.”

Rodrigo é enfático ao dizer que, uma vez investidor, sempre investidor!

“Você muda seu mindset, e abre sua mente. Quando isso acontece, ela nunca volta ao que era antes. Fui de curioso e hoje sou um investidor mesmo.”

Conhecimento que transforma

Faça como o Rodrigo e adquira o conhecimento que transforma você em um investidor de sucesso.

O GuiaInvest PRO ajuda você a ganhar agilidade na hora de fazer essa seleção, reunindo todas as informações em apenas uma ferramenta.

Você ainda poderá tomar suas próprias decisões sem depender das dicas “tendenciosas” dos profissionais do mercado, investindo com segurança através de dados confiáveis. Não tenha mais medo de investir na bolsa de valores!

Saiba mais sobre o GuiaInvest PRO.

Também tem uma História de Sucesso com o GuiaInvest para compartilhar? Envie um e-mail para contato@guiainvest.com.br que entraremos em contato!

INFOGRÁFICO: Caderneta de Poupança: PRÓS, CONTRAS e alternativas

Você já deve ter ouvido falar alguma vez que a Caderneta de Poupança é o único investimento seguro que existe, certo?

Isso é o que muitas pessoas pensam e é o que eu também acreditava quando comecei a investir o meu dinheiro.

A verdade é que a poupança oferece pouquíssimos benefícios, sendo um bom lugar para deixar o dinheiro apenas se você está no zero a zero com as suas finanças.

Eu vou te falar sobre alguns PRÓS e CONTRAS do investimento na Caderneta de Poupança.

Mas eu também tenho uma dica valiosa para você mudar a sua mentalidade em relação aos seus investimentos, mesmo que você ainda não esteja conseguindo aumentar muito as suas economias.

 

Infográfico Caderneta de Poupança x Tesouro Direto

Agora que você já sabe que pode ter uma maior rentabilidade, olha só esse treinamento EXCLUSIVO que preparamos, que ensina a investir mesmo que você tenha pouco dinheiro sobrando.

Um abraço e bons investimentos!

 

Investimentos para servidores públicos: média de 126% de rendimento em ações

Ter estabilidade de um concurso nem sempre significa liberdade financeira. Veja que é possível ter bons investimentos para servidores públicos, com a história do Eduard!

Conquistar a aprovação em um concurso público e garantir um cargo como servidor pode ser o sonho de muitas pessoas. Principalmente pela falsa crença de que isso significa, necessariamente, garantir liberdade financeira através da estabilidade. Ainda bem que esse não foi o caso do Procurador Municipal de Gaspar/SC, Eduard Fischer.

Casado e pai de duas meninas, Eduard explica que tinha curiosidade para achar formas de aumentar sua renda, mas cometia alguns erros comuns antes de começar a investir. Inclusive, o de confundir riqueza com alto salário. Depois de fazer alguns investimentos errados sugeridos pelo banco, começou a pesquisar por conta própria as formas mais adequadas de fazer o dinheiro render.

investimentos-para-servidores-publicos-resultadosResultados

  • Mudou a mentalidade e passou de gastador para poupador
  • Média de 126% de rendimento nas ações
  • Ele e a esposa já fazem planos para uma aposentadoria confortável em 20 anos

O Problema

Olhando para trás, parece até uma eternidade: há cerca de três anos, Eduard não conhecia absolutamente nada de investimentos. Na época, inclusive, confundia alta renda com enriquecer.

“Eu não pensava em ficar investindo. Achava que tinha só que aumentar a minha renda e que, tendo uma empresa, naturalmente a empresa iria crescer e eu ganharia mais. Uma hora eu iria ficar rico e ganhar um super salário”.

Sua mentalidade era guardar ou investir só o que sobrasse, e quando sobrasse. Por sugestão do banco, comprou R$ 20 mil em ações indicadas pelo gerente e, depois da compra, não sabia mais o que fazer com aquilo.

“Eu não tinha a mínima noção, então resolvi vender. E fiquei um tempão assim, sem fazer mais nada, inclusive sem controle financeiro. Eu gastava tudo que ganhava.”

Em 2014, começou a mudar sua mentalidade, e decidiu que seria mais disciplinado com as finanças. Fez aplicações esporádicas no Tesouro Direto até que percebeu todos os benefícios que teria em sua vida ao conquistar a liberdade financeira, investindo mês a mês.

“Na época, olhei o título NTN-B 2035 e pensei que se tivesse com taxa acima de 6% eu iria sair comprando. Então eu comprei, e uma coisa puxa a outra, né? Mas até então o que eu tinha de conhecimento sobre investimento em ações era Análise Técnica, uma coisa bem complicada”.

Eduard achava que só era possível especular na Bolsa, utilizando a análise de gráficos, e só quem tivesse dominado muito bem a técnica poderia ter algum sucesso.

“Hoje, eu já acredito que ter sucesso com análise técnica é uma fantasia. A técnica serve bem para mostrar o que já aconteceu, mas não tem como prever o futuro.”

Pesquisando sobre investimentos no Google, Eduard chegou à página do GuiaInvest. Cadastrou seu e-mail e passou a receber os conteúdos gratuitos do André. Começou a ler todos os artigos e percebeu que havia um universo ainda desconhecido que ensinava sobre investimentos acessíveis.

“Descobri Warren Buffett, Benjamin Graham, Philip Fisher, e cheguei à conclusão de que precisava ler o livro O Investidor Inteligente, do Graham. Você começa a ler achando que é muita teoria, mas no meio começam os cálculos e a análise. Então, enquanto lia, olhava as tabelas no livro e montava planilhas no Excel.”

Quando viu que no GuiaInvest PRO havia planilhas que se atualizavam de forma automática, passou a utilizar isso constantemente na escolha das boas ações.

A Solução

Eduard ressalta que, sem o conhecimento que adquiriu, não poderia ter sucesso nos investimentos, afinal, como poderia saber as boas empresas e as perspectivas para o futuro?

“Não consigo imaginar alguém comprando sem ter as mínimas noções de uma ação. Por exemplo, quanto que a empresa vale, se ela paga dividendos. E eu não teria outro lugar para buscar esse tipo de informação.”

Eduard decidiu escolher 10 empresas para acompanhar e investir em suas ações através da análise fundamentalista. Isso não significa que deixa de ver boas oportunidades em outras, mas dá preferência a essa lista por já ter estudado bem os fundamentos de cada uma delas.

“Eu tenho acompanhado o Luiz Barsi e sigo a ideia dele, de que é bom comprar ações de empresas boas, que crescem e têm lucro constante, em vez de estar só preocupado com o preço”.

Agora, Eduard e a esposa estão focados em garantir uma aposentadoria confortável, por isso, são cada vez mais prudentes.

“O objetivo maior agora é esse: muito mais de preservar o que já conquistamos do que sair multiplicando. Deixamos uma boa parte na renda fixa, para garantir um ganho um pouco acima da inflação, e nas ações é total prudência.”

Conheça os melhores investimentos para servidores públicos

Assim como o Eduard, você também pode ter autonomia para escolher as melhores opções de investimentos para servidores públicos.

O GuiaInvest PRO ajuda você a ganhar agilidade na hora de selecionar as melhores empresas da bolsa, reunindo todas as informações em apenas uma ferramenta.

Você nunca mais irá precisar buscar dados manualmente em sites desorganizados e confusos para analisar ações e ainda poderá tomar suas próprias decisões sem depender das dicas “tendenciosas” dos profissionais do mercado. Não tenha mais medo de investir na bolsa de valores!

Saiba mais sobre o GuiaInvest PRO neste link.

Também tem uma História de Sucesso com o GuiaInvest para compartilhar? Envie um e-mail para contato@guiainvest.com.br que entraremos em contato!

5 dicas de Empoderamento Feminino para Finanças Pessoais

Quando estamos inseridos em um mundo que nem sempre é favorável ao universo feminino, o controle das finanças pessoais se torna uma importante ferramenta para a conquista da liberdade financeira.

Hoje é comemorado o Dia Internacional da Mulher, e você sabe o porquê disso?

Não estou me referindo ao contexto histórico que envolve greves de operárias que lutavam por melhores condições de trabalho. Quando eu questiono o motivo de existir esta data é no sentido de gerar a reflexão do significado deste dia.

Eu adoraria dizer que este dia faz menção a um tempo em que as mulheres tinham que lutar por direitos iguais e pela equiparidade salarial.

Mas, infelizmente, isso não é passado. Porque uma das razões do dia 8 de março ser o Dia Internacional da Mulher é que ainda se fazem necessárias as mudanças de diversas práticas muito enraizadas em nossa sociedade. Para que um dia possamos afirmar que as mulheres não são mais, em inúmeros momentos, subjugadas por uma questão de preconceito de gênero.

Em tempos onde mulheres ainda ganham menos que homens, é preciso mais do que nunca bater na tecla da educação financeira para o pleno controle das finanças pessoais.

Quando vivemos em um mundo desigual, a arma mais poderosa para lutar contra a desigualdade é o conhecimento. O saber empodera o ser humano, sendo a principal ferramenta para amparar injustiças em um curto prazo.

Foi lendo um artigo publicado no site Think Olga que eu me deparei com dados alarmantes: de acordo com uma pesquisa realizada com mais de 150 mil pessoas, apenas 29% das mulheres possuem o que eles chamam de Alfabetização Financeira, que consiste em saber o básico sobre finanças pessoais. Este dado é um indicador importante da necessidade que este tema tem em ser discutido.

É mais do que um fato a necessidade de uma série de mudanças que tornem o mundo mais justo para as mulheres.  A questão é que, enquanto nossa sociedade caminha a passos lentos para remediar muitas coisas, as mulheres devem se abastecer do máximo de informações possíveis que possibilitem cada vez mais o seu empoderamento.

Apesar do constante crescimento da participação feminina dentro da lista de bilionários da Revista Forbes, este percentual ainda é muito pequeno. Na lista de 2016, além das mulheres terem um espaço bem inferior aos homens, essa parcela diminui ainda mais se descarta aquelas que possuem fortunas provenientes de heranças.

Mas a cada ano esse número está crescendo! E cada vez mais mulheres se fazem presentes em posições de destaque nos mais diversos meios.

Como uma forma de homenagem a este dia que destaca a força e importância das mulheres eu separei 5 dicas para você não apenas assumir o controle da sua vida financeira, mas também aprender a fazer o seu dinheiro trabalhar ao seu favor.

Vamos lá!

1) Diga não à sociedade de consumo

financas pessoais para mulheres

Quem nunca escutou a frase: toda mulher é consumista! Em primeiro lugar, vamos parar de consolidar comportamentos humanos a um gênero específico, ok?

Em segundo lugar, a nossa sociedade é consumista de maneira geral. Estamos frequentemente expostos a estratégias de mídia que nos incentivam a comprar coisas que não precisamos para necessidades que não temos.

Caso você seja uma pessoa que não consegue ter dinheiro sobrando no fim do mês porque não resiste a uma compra, saiba que tudo a sua volta é feito para que você aja desta forma.

Porém, quando se toma consciência disso, você assume o controle. E daí, gastos se tornam uma opção e não uma armadilha. Portanto, não compre por impulso, é recomendável ter uma noite de sono entre o desejo e a ação da compra em si. Acredite, às vezes você mal sairá da loja e já terá se conscientizado de que não precisa comprar aquilo.

2) Seja a única responsável pelo seu dinheiro

financas pessoais para mulheres

Agora eu tenho mais uma verdade para compartilhar com você.

Só será possível fazer o seu dinheiro render se você tiver o pleno controle de onde ele está e do que é feito com ele. E quando eu digo isso, eu me refiro à importância de você saber tudo o que o banco te cobra de taxas, juros, tarifas, enfim.

Saiba que a maioria das pessoas entrega muito dinheiro ao banco sem nem perceber, através de taxas que mensalmente parecem baixas, mas você não faz ideia do quanto está perdendo de acumular a longo prazo.

Inclusive, neste artigo você pode conferir diversas orientações de como evitar tarifas bancárias e criar um patrimônio.

Por isso, mais uma vez, o conhecimento se faz de suma importância para que você conquiste a liberdade financeira. Quando você conhece as opções que você tem disponível no mercado, você não aceitará qualquer coisa.

3) Tenha metas e não desista até conseguir

financas pessoais para mulheres

Você sabe qual a melhor técnica para atingir um objetivo? Enxergar o que você almeja.

E por isso, é importante ter metas distintas. Por exemplo, a viagem que você fará nas próximas férias tem um prazo diferente do seu planejamento de aposentadoria que se difere do seu projeto pessoal de comprar uma casa própria.

Então, é preciso ter reservas diferentes de acordo com as particularidades das suas metas.

Dentro daquele valor mensal que você determinou economizar, estabeleça o quanto vai para cada um dos seus objetivos.

Um tipo de investimento muito seguro e que possibilita que você invista de maneira diversificada de acordo com o prazo em que você irá utilizar aquela reserva é o Tesouro Direto. 

Ah, e não esqueça da regra básica para conseguir juntar dinheiro. Sempre “se pague” primeiro. O valor que você economiza nunca poderá ser de acordo com o que sobrar naquele mês, você deve ter um valor fixo que não poderá ser mexido.

Afinal de contas, você deve ser determinado em relação aos seus próprios sonhos!

4) O momento da mudança é agora

financas pessoais para mulheres

Quanto antes você investir, mais cedo você terá lucro através do juro composto.

Os juros compostos são os juros que periodicamente são incorporados ao seu patrimônio, é o juro que vai render não só sobre o valor aplicado, mas também sobre os juros que já haviam rendido.

Essa é a mágica!

Em resumo, você investe um valor e esse valor vai crescendo e rendendo cada vez mais sem que você precise fazer nada. Por isso, mesmo com pouco, é importante começar cedo.

5) Tenha o pleno controle de todos os seus gastos

financas pessoais para mulheres

Quando você sabe exatamente no que você gasta o seu dinheiro, o controle sobre isso fica muito maior. Desta forma você consegue enxergar muito bem por onde as suas economias estão escapando.

E o bom é anotar tudo mesmo, porque é através dos pequenos gastos que você se perde muito. Não esqueça que os poucos reais que você gasta no cafezinho do almoço devem ser multiplicados pelos dias da semana, e esse valor deve ser multiplicado pelas semanas do mês e assim por diante.

Por isso, quanto mais controle, mais fácil será acumular patrimônio e gastar apenas com o necessário.

Como eu já havia dito antes, o conhecimento é uma arma muito poderosa que, através do controle das suas finanças pessoais, pode gerar grandes ganhos. Por isso, estou compartilhando aqui também o e-book que ensina como aprender a investir começando do zero.

Certo, essas foram algumas dicas que eu espero que auxilie inúmeras mulheres a assumir o pleno controle de suas vidas através de uma independência plena. Enquanto as desigualdades não são extintas, podemos evitar as desvantagens geradas pela injustiça através da educação financeira.

11 lições de vida de Steve Jobs para sua carreira e seus investimentos

lições de vida de steve jobs: foque em seus objetivos

Como a maioria das grandes personalidades, não é fácil definir Steve Jobs. Poderíamos dizer que foi o fundador da Apple e um cara que revolucionou a forma como as pessoas vivem, mas aí o tempo de leitura do artigo seria de 5 segundos, e não ajudaria em nada as suas finanças. Porém uma coisa é certa: as lições de vida de Steve Jobs podem mudar a realidade de qualquer um.

Então, vamos lá, Jobs foi demitido algumas vezes, foi sem-teto na época da faculdade, manteve negócios com prejuízo porque acreditava neles, moldou a forma como vemos e vivemos a tecnologia. Conseguia ser absolutamente racional no trabalho e abraçava a saúde alternativa e a espiritualidade oriental fora dele.

Mas o que importa mais para esse artigo são as lições de vida de Steve Jobs:

Jobs foi alguém que soube ganhar e gastar dinheiro. Soube quando era a hora de insistir e a hora de abrir mão. Alguém que criou, comprou e vendeu empresas. E, como toda pessoa de destaque, era alguém único. Daquelas pessoas que, por mais que se tente, é impossível emular. É como Niki Lauda disse certa vez: “Eu sou o melhor piloto da Fórmula 1. Apenas dei o azar de ser contemporâneo de Alain Prost”, colocando assim o francês em um outro patamar, algo além do que se espera daquela profissão.

Assim, Steve Jobs foi mais do que um inventor e empresário. Dificilmente surgirá alguém como ele – e, se surgir, não será considerado “o segundo Jobs”, e sim “o primeiro fulano”.

Isso não impede de nos inspirarmos e tirarmos da carreira de Steve Jobs algumas lições que podemos aplicar em nossa vida e investimentos. Afinal, você pode não chegar perto de, digamos, John Lennon, mas pode aprender a tocar a clássica Imagine. Então vejamos o que Jobs tem a nos ensinar:

1 – Ame o que você faz

lições de vida de steve jobs: ame o que você faz

Steve Jobs amava o que fazia, amava seus produtos, sua empresa, as pessoas que trabalhavam lá, e não se imaginava fazendo outras coisas. Jobs foi demitido da Apple e, algum tempo depois, trazido de volta para tirá-la da falência. Era o seu grande chamado na vida. Ele amava a Apple, e faria de tudo para que ela continuasse a funcionar e, mais do que isso, continuasse a ser uma força inovadora e inspiradora no mundo das empresas de alta tecnologia. Se você não sente animação nenhuma pelo seu emprego ou pelo que você faz, talvez esteja no ramo errado, ou precise repensar muitas coisas.

2 – Tenha em mente que você não pode fazer tudo

Se existe algo que Jobs aprendeu a fazer em sua carreira foi ser um gerente melhor. Após ser demitido da Apple, abrir sua nova empresa e voltar para a marca da maçã ele desenvolveu sua maneira de lidar com pessoas, e aprendeu a delegar. O mesmo vale para você. Você não precisa administrar suas finanças sozinhos. Muitos bancos oferecem diversas vantagens a seus clientes especiais, como gerentes com horário estendido. Use todas as vantagens oferecidas, ouça pessoas mais bem-sucedidas em encontros, simpósios, seja um leitor voraz. Você conseguirá muito mais ideias e insights do que se pensasse sozinho

3 – Se você quiser vender uma ideia, produto ou serviço, ponha-se no lugar da outra pessoa

lições de vida de steve jobs: ponha-se no lugar do outro

Se há algo que podia definir a Apple nos anos de Jobs era que ela sempre desenvolvi um produto que nenhuma outra empresa ousava cogitar fazer, e caía imediatamente no gosto da população. Tanto que as pessoas não hesitavam em pagar duas, três vezes mais por eles do que pagariam por similares de outras marcas. O fato é que Jobs entendia as pessoas. Entendia que elas queriam computadores de mesa que, mais do que bons, fossem bonitinhos. Entendia que elas queriam ouvir música em qualquer lugar. Entendia que elas queriam fazer mais com o telefone. E você? Mais do que entender os outros, consegue se entender? Consegue definir planos objetivos para seu dinheiro e suas finanças? E saberá aproveitar depois?

4 – Não tente vencer o jogo, redefina o jogo

Em dez anos, a Apple passou de empresa à beira da falência para aquela que deu o iPhone ao mundo. Jobs não conseguiu isso fazendo apenas o que os concorrentes faziam. Ele foi atrás, abriu novos espaços, inventou algo que todos usamos, mudou a forma do mundo ver um objeto corriqueiro.

Em finanças, muitos tentam fazer o mesmo. E, infelizmente, nessa tentativa, acabam caindo em esquemas pouco confiáveis, ou investimentos exclusivos a quem é bastante expert.

Existe um canal norte-americano no YouTube em que o apresentador diz que faz “investimentos” e que pode ajudá-lo a investir também, mas na verdade o que ele faz é comprar e vender cards, a versão gringa do álbum de figurinhas. Sim, ele ganha dinheiro com isso, mas é devido a décadas de prática. Não deve haver muitas outras pessoas no mundo capazes de ganhar a vida assim. Se quiser sair dos investimentos tradicionais, estude muito e calcule muito bem os riscos. Jobs sabia quando ousar, e seus movimentos eram baseados em conhecimento do mercado e, principalmente, do cliente. Da mesma forma, conheça o seu estilo de poupar e investir, e aplique no que conhece a acha melhor para você.

5 – Não descanse sobre os louros

lições de vida de steve jobs: não descanse sobre os louros

Por algum tempo, a Apple não teve clientes. Tinha fãs fervorosos que compravam tudo com a marca da maçãzinha. Enquanto isso, os concorrentes definhavam e desapareciam do mercado. Apple tornou-se o padrão de tudo o que é eletrônico e portátil. Nem mesmo a poderosa Microsoft conseguiu enfrentá-la no campo dos tocadores de música eletrônicos. O que se faz nessa situação? Bom, seja o que for, não pare. Por falta de concorrentes, a Apple concorria consigo mesmo, e continuou a lançar produtos melhores e melhores durante anos. A decisão de não desacelerar e continuar inovando é o que salva a empresa hoje, quando Samsung, Google e algumas outras companhias começam a crescer e a colocar as manguinhas de fora no mercado dos telefones e aplicativos. O próprio Jobs explica isso: “Acho que se você fez algo que ficou muito bom, deve ir e fazer algo maravilhoso, e não ficar parado por muito tempo. Descubra o que vem a seguir.”

Da mesma forma, você nunca vai estar com as finanças tranquilas. Reconheça que seus investimentos, mesmo com o dia a dia no piloto automático, vão precisar de revisões, e você sempre vai ter que falar com seus gerentes e conselheiros dos quais falamos acima. A economia muda, novas oportunidades aparecem.

6 – Leve a sério os seus objetivos

Vic Gundotra era vice-presidente de engenharia da Google quando recebeu um recado de Steve Jobs em seu celular, em um domingo, pedindo que retornasse imediatamente. Quando o fez, ouviu o seguinte: “Vic, temos um problema que precisamos arrumar imediatamente. Eu estava olhando o ícone do aplicativo da Google no meu iPhone, e percebi que o tom do amarelo do segundo ‘o’ está errado, já chamei alguém da minha equipe para corrigir, espero ter o ícone revisado amanhã, tudo bem para você?”

Esse tipo de coisa era comum para quem trabalhava com Jobs. Vez por outra, videoconferências aconteciam espontaneamente às 10 da noite porque alguém da equipe tinha uma ideia que precisava discutir, chamava Jobs, que chamava outros e, no dia seguinte bem cedo, a equipe tinha um novo projeto esperando em suas mesas, sem ninguém saber de onde vinha.

Esse tipo de coisa só acontece quando você tem absoluto controle e foco sobre seus objetivos e desejos. Quando você sabe o que quer, para sua carreira e seu dinheiro. Quem tem esse foco costuma ter esses insights a qualquer hora do dia ou da noite, no banho, no meio de uma conversa com amigos. Foque e coloque sua mente para trabalhar mesmo quando você não percebe.

lições de vida de steve jobs: foque em seus objetivos

7 – Pense sobre produtos, e não lucro

O objetivo de Jobs sempre foi fazer produtos bonitos, simples, que realmente ajudassem as pessoas. Ele sabia que, se conseguisse, as pessoas iriam comprar e ficariam felizes. Uma vez felizes, os lucros viriam. Da mesma forma, não pense em conseguir tal taxa de juros em um investimento. Procure primeiro algo que seja o melhor para o destino que você quer dar para aquele recurso. Os lucros virão, seja por dividendos ou pelos juros compostos.

8 – Você faz algo que sua família e amigos podem se orgulhar?

Já era comum no Brasil olhar para alguém bem de vida e dizer “esse aí deve ter aprontado”, como se o único caminho para o sucesso fosse fazer algo ilegal. Sem segundas opções. Enriqueceu, é porque “tem coisa”. E, nos últimos tempos, essa impressão para lá de errada e preconceituosa só aumentou, com a quantidade de pessoas se envolvendo em escândalos e sendo citadas em várias investigações da Polícia Federal.

Steve Jobs criou na Apple uma série de sistemas que impediam que empregados com más intenções se criassem lá dentro. Cada área tinha certas pessoas que concentravam toda a responsabilidade sobre o que acontecia ali e tinham que responder sobre tudo. Isso permitia um controle de qualidade maior, um sentido de pertencimento que não se vê muito em outras empresas. O que cada funcionário deveria responder era se aquilo que ele estava trabalhando traria orgulho para sua família. Se era bom o suficiente para o deixar com uma sensação gostosa de dever cumprido. Após Jobs, parece que essa “lei” da Apple relaxou um pouco, o que não significa que você deve relaxar. Seja lá o que você faça, deve fazê-lo bem feito, como se fosse para sua família e amigos mais queridos.

9 – Incentive e pressione

Como vimos, Jobs tinha uma personalidade workaholic e uma grande atenção aos detalhes. E exigia isso de quem trabalhava para ele. Fazia de tudo para que seus funcionários também atingissem o seu máximo, que fossem tudo o que poderiam ser. Lógico que nem todos conseguem trabalhar nesse ritmo – e não estamos aqui julgando força de vontade ou garra, mas simples personalidades. Essas pessoas vão ser felizes trabalhando em outro lugar. Jobs frequentemente clamava seus funcionários a “permanecerem famintos. Permaneçam ignorantes.” Ou seja, queria que eles nunca perdessem o desejo de fazer mais, de aprender mais, de se desenvolver. Essa é a mola que leva as empresas e carreiras para a frente, e que pode funcionar com você, também.

lições de vida de steve jobs: incentive e pressione
Steve Jobs, Apple; PC Forum, 1985
Photograph © Ann Yow-Dyson; aeyowd@gmail.com

10 – Ouça a si mesmo

Ouvir a voz dos especialistas é fundamental para permitir que você não se preocupe com o “como”.  Porém, é a sua voz, a sua intuição que deve definir o “o quê” . “Como”, “de que forma fazer”, você deixa para os outros definirem e colocarem para rodar. O que fazer, isso é sua responsabilidade. O que você quer fazer com o dinheiro daquele investimento, daqui alguns anos? O que você quer conseguir com sua carreira?

Jobs dizia: “Tenha a coragem de seguir o seu coração e a sua intuição. Eles de alguma forma sabem o que você deve se tornar.” Foi ouvindo essa voz que Steve Jobs comprou a Pixar. Perdeu dinheiro com ela por oito anos, até que veio Toy Story, e depois a compra da empresa de animação digital pela Disney. Como resultado da venda, Steve Jobs passou a ter mais ações da Disney do que da própria Apple. E então? O que a sua voz está dizendo, aí dentro de você?

11 – Amplie seus horizontes

Steve Jobs sentia que a chave para ser criativo, para ter um melhor desempenho em seu trabalho, eram experiências de vida. Durante sua vida, ele fez cursos de caligrafia, interessou-se pela espiritualidade oriental, visitou muitos países. Para ele, absorver cultura, arte e história eram essenciais. Da mesma forma, o rendimento de seus investimentos serve para você curtir a vida, enriquecer sua mente e alma. Como bônus, você conseguirá ainda mais formas de melhorar seu trabalho e carreira e, assim, conseguir ainda mais recursos.

lições de vida de steve jobs: amplie seus horizontes

Você precisa tomar as rédeas

Alcançar tudo isso tem muito a ver com assumir uma postura proativa e tomar decisões inteligentes no que diz respeito às finanças. Ficou inspirado com a vida de Steve Jobs e quer escrever sua própria história? Assista ao webinário Aprenda Como Ganhar até R$5mil por mês com Dividendos e conquiste sua Liberdade Financeira, mesmo que você tenha apenas R$ 100 para começar.