BOVA11: pior investimento para os próximos 10 anos?

Selecionar boas ações irá superar significativamente a performance da bolsa de valores, medida pelo Índice Bovespa. Nos últimos 10 anos a bolsa performou próximo a 80 por cento, boas ações superaram 1.000 por cento.
Eduardo Voglino

Eduardo Voglino

Sócio do GuiaInvest, especialista em ações e seguidor da filosofia de Value Investing.

Olá, investidor!

Será mesmo que a bolsa de valores poderá entregar resultados ruins nos próximos 10 anos?

Se você não considerar alguns aspectos importantes na hora de investir, os resultados realmente poderão ser insatisfatórios.

Entenda…

O resultado do Índice Bovespa, índice formado por uma carteira teórica com as ações das ações mais negociadas em bolsa nos últimos 10 anos, foi significativamente ruim.

O Índice Bovespa (negociado como BOVA11 na bolsa) atingiu um resultado próximo a 80 por cento em 10 anos, enquanto o CDI (taxa de referência para renda fixa) atingiu próximo a 150 por cento.

Basicamente a média anual do BOVA11 foi de 6 por cento ao ano.

A pergunta que fica é: vale comprar risco para ganhar tão pouco?

De fato, comprar BOVA11 não foi uma atitude muito sábia.

Você deve estar se perguntando agora:

“Então devo investir em ativos com lastro no CDI, já que ele rende mais que ações?”

Bom, não foi bem isso que eu disse.

Realmente BOVA11 “apanhou” para o CDI e nestes 10 anos não teria sido um bom investimento. Por outro lado, se o investimento tivesse sido direcionado para uma carteira ações, a história seria outra.

Veja alguns exemplos de como performaram ações de boas empresas no mesmo período:

Diversas ações atingiram mais de 1000 por cento de rentabilidade, bem superior aos 80 por cento do IBOV.

Inicialmente você até pode pensar que selecionar boas empresas poderá ser uma tarefa árdua e complexa, mas existem maneiras de simplificar um pouco as coisas.

Antes de comprar uma ação, faça 3 perguntas:

  1. A empresa possui bons fundamentos?
  2. A empresa é consistente nos resultados históricos?
  3. Existirá demanda pelo produto/serviço oferecido pela empresa daqui a 20 anos?

Com esse simples filtro, você será capaz de selecionar apenas bons negócios.

Daqui há 10 anos, algumas das ações que você selecionar com base nesse filtro, podem acumular mais de 1.000 por cento de rentabilidade.

Mas para que isso aconteça você deverá começar o mais breve possível…

Em 2030, quando você visualizar o seu patrimônio acumulado, lembrará deste e-mail.

Forte abraço!

Eduardo Voglino atua no mercado financeiro desde 2007 e já assessorou diretamente centenas de pessoas quando teve seu próprio escritório vinculado à XP. É um entusiasta de buscar valor e assimetrias no mercado de ações. Escreve para o TheCap na coluna Fórmula Buffett.

Compartilhe essa publicação:

Introdução a
Bolsa de Valores

Partindo do zero até a compra da sua primeira ação

Assista à primeira aula gratuita