Aprenda como investir sem taxas!

Mauricio Baltazar

Mauricio Baltazar

como investir sem taxas

Existem diversas razões para você começar a investir o quanto antes, como comprar aquele carro tão desejado ou a casa dos seus sonhos. Há ainda quem prefira ter dinheiro suficiente para viajar à vontade pelo mundo. Independentemente do destino dos rendimentos das suas aplicações, o fato é que você precisa aprender a como investir sem taxas.

Caso contrário, você corre o risco de ver o seu lucro ser literalmente pulverizado. No pior cenário, as taxas vinculadas a certos investimentos podem aumentar consideravelmente o risco de prejuízos. Afinal, os valores ligados a taxas administrativas, por exemplo, dificultam a recuperação de um investimento malsucedido.

Sim, é totalmente possível conquistar bons rendimentos sem a necessidade de pagar taxas. Essa é, inclusive, uma tendência do mercado, mas é fundamental saber como fazer isso. Então, antes de adotar o mantra “fazer o dinheiro trabalhar por você”, é necessário pensar de forma estratégica.

Para conhecer as melhores opções de como investir sem taxas e de forma lucrativa, basta continuar com a leitura. Estamos aqui para desvendar esse mistério para você e ajudá-lo a trilhar os caminhos dos melhores e sustentáveis rendimentos. Acompanhe!

Quais investimentos rendem mais do que a poupança?

Para saber como investir sem taxas e começar a investir corretamente, é necessário se desfazer de vez da ideia de alocar recursos na tradicional poupança. Mesmo que você seja um investidor ultraconservador, essa está longe de ser uma alternativa viável devido aos baixos rendimentos.

Na verdade, qualquer outro investimento rende mais do que a poupança. Você só precisa ficar por dentro das melhores opções. Conheça algumas delas a seguir.

Títulos do Tesouro Direto

Esses papéis são emitidos pelo Governo Federal. Um dos atrativos é o baixo valor mínimo de investimento. Então, se não estiver sobrando muito dinheiro para investir no momento, R$ 100 resolvem o problema —restando apenas definir qual título comprar.

Os títulos do Tesouro Selic proporcionam rendimentos em um curto prazo. Como o próprio nome diz, o retorno financeiro é calculado de acordo com a taxa básica de juros.

Enquanto isso, os títulos do Tesouro IPCA (índice de preços ao consumidor amplo) são investimentos de médio ou longo prazo. O montante a ser recebido futuramente dependerá da inflação do período, acrescida de uma taxa.

Com o passar do tempo, você pode reaplicar parte do rendimento obtido em outros títulos. Uma sugestão melhor ainda consiste em diversificar a carteira de investimentos.

LCA e LCI

As LCA (letras de crédito do agronegócio) e as LCI (letras de crédito imobiliário) são igualmente interessantes. Isso porque essa variedade de investimentos é isenta do desconto do imposto de renda, o que já proporciona um grande alívio.

Fundos de renda fixa e fundos multimercados

Diferentemente dos fundos de renda fixa, os fundos de multimercados são indicados para investidores agressivos. Essa forma de investimento é baseada em uma mescla entre ativos com rendimento variável e fixo.

O segredo do sucesso está na escolha dos melhores ativos de cada frente. Outro fator decisivo para obter bons resultados é a proporção ocupada por cada tipo de ativo no fundo selecionado. Evidentemente, essa configuração sempre deve privilegiar a busca da maior rentabilidade.

CDBs

Os CDBs (certificados de depósito bancário) são excelentes alternativas para os investidores iniciantes. Além disso, eles são práticos na hora de aprimorar a diversificação da carteira de investimentos e, por isso, também são procurados por investidores mais experientes.

Compra e venda de ações

Dentre todas as opções mencionadas, a compra e venda de ações merece destaque. Isso porque esse tipo de investimento não está atrelado a taxas que diminuem o rendimento conquistado.

Além disso, trata-se de mais uma alternativa que proporciona isenção do imposto de renda. Para isso, os rendimentos obtidos com ações não podem ultrapassar a casa de R$ 20 mil por mês.

Muitos investidores têm medo de injetar recursos na bolsa. De fato, esse mercado é um tanto quanto complexo. Isso significa que os passos devem ser frios e minuciosamente calculados.

No entanto, você pode caminhar com um ganho extra de segurança. Como?

Aprendendo a evitar os erros mais comuns cometidos por outros investidores. Além disso, é necessário saber como descobrir quais serão as ações mais valiosas em um curto, médio e longo prazoEssas e outras lições podem ser aprendidas, desde que você seja bem orientado.

Como investir sem taxas ou bancos e por que você deve fazer isso?

Para conseguir esse feito, basta tomar uma atitude bem simples: optar pelas corretoras de investimentos. O questionamento que pode surgir é: “por que eu devo fazer isso?” Mas não é preciso ir muito longe para descobrir a grande vantagem por trás dessa troca.

Os investimentos efetuados em bancos são historicamente menos rentáveis devido ao conflito de interesses entre as partes. De um lado, existe o investidor, decidido a fazer o seu dinheiro render. Do outro, a instituição bancária, dedicada a aumentar ainda mais o próprio lucro.

Os investimentos em bancos são lucrativos. O problema é que a rentabilidade oferecida é inferior a das corretoras. Além disso, os colaboradores das instituições financeiras não são especialistas em investimentos. Na verdade, eles ofertam os produtos exigidos para o cumprimento de metas mensais, trimestrais, semestrais e anuais.

Se você ainda não estiver dissuadido da ideia de manter seu precioso dinheiro aplicado em um banco, lembre-se das taxas. Sim, além de proporcionar rendimentos inferiores aos das corretoras, os bancos cobram também muitas taxas!

Quais são os benefícios das taxas zero das corretoras?

Os únicos investimentos que podem ficar livres de taxas são os fundos imobiliários e as ações da bolsa de valores. Por mais rentáveis que sejam as demais formas de investimento, elas tendem a manter algum desconto sobre o lucro.

Ao contrário dos bancos, há uma tendência de eliminação de taxas em todas as corretoras de investimentos. Isso se aplica, inclusive, à comercialização de ações.

Imagine um mercado liberto das taxas de corretagem de ações ou de administração de outros ativos? Ao alocar seus recursos financeiros em uma corretora, você também será parte desse universo.

Agora que você já sabe como investir sem taxas, resta escolher uma corretora de investimentos que esteja alinhada a essa realidade. Nesse momento, o importante é efetuar uma análise dos diferenciais propiciados por cada opção — a liberdade de comprar ou vender ações sem custos é um deles.

Por falar nisso, você está prestes a aprender a como investir em ações sem riscos! Não perca essa chance de entrar para o time dos investidores de sucesso!

Outras Publicações

Leia Mais

Ebook - Bolsa de Valores para Leigos

Bolsa de Valores Para Leigos

André Fogaça

Nesse e-book você vai dar os seus primeiros passos no mundo dos investimentos e ficar por dentro de alguns detalhes importantes do mercado de ações. Você se sentirá seguro de conversar sobre investimento com qualquer pessoa depois de ler esse livro. Arrisco dizer ainda que você vai ficar louco para começar a investir. Uma boa leitura!

Sem tempo para ler? Assista nossas Palestras Online

Abrir conversa
1
Precisa de Ajuda?
Olá,
Podemos te ajudar?
Powered by