Crescimento do Retorno sobre Patrimônio Líquido

Equipe Guiainvest

Equipe Guiainvest

Neste artigo irei falar com vocês sobre o Retorno Sobre o Patrimônio Líquido (RSPL).

Para quem não sabe e de forma simplificada, o Patrimônio Líquido é o que sobra de dinheiro na contabilidade de uma empresa para os acionistas. Quando abatemos todas as obrigações (passivos) dos bens e direitos (ativos), ou melhor, quando abatemos tudo que a empresa precisa pagar de tudo que ela tem a receber chegamos ao Patrimônio Líquido.

O Retorno sobre Patrimônio Líquido, nada mais é que dividir o lucro líquido de um ano de uma companhia pelo patrimônio líquido dela. Ou seja, esse indicador, mede a rentabilidade que a empresa consegue em seu próprio capital.

No checklist automático de ações vemos que o ideal é quando a empresa tem um RSPL superior a 20%, ou seja, se uma empresa fictícia tem um patrimônio Líquido de R$ 100 milhões, seu lucro líquido deveria ser superior a R$ 20 milhões.

No entanto, hoje quero trazer um conceito um pouco mais amplo para o Retorno sobre Patrimônio Líquido para você.

Mas antes, peço que você olhe atentamente a tabela abaixo que eu montei usando o Stock Guide do Guiainvest PRO. A tabela é composta de todas as ações que compõem o índice Ibovespa, e na imagem abaixo estão todas ações com RSPL superior a 14% atualmente e ordenadas do maior para o menor.

Percebam acima que a taxa de retorno sobre Patrimônio Líquido de Cielo (Ciel3), vem caindo ano após ano, praticamente sempre, apesar do Retorno sobre Patrimônio Líquido ainda estar acima de 20%, o que teoricamente seria bom. O RSPL de Cielo atual é bem menor do que o de 2014. E isso se refletiu no preço da ação.

Vejamos abaixo, a variação do preço das ações atuais x fechamento de 2014 na tabela. Muitas ações com bons retornos registram perdas no período, ou até ganhos inferiores aos da Renda Fixa. Lembrando que o período analisado é de 3 anos porque o investimento em ações deve ser feito com foco no longo prazo para potencializar os ganhos dos juros compostos.

Então, eu encontrei uma fórmula que considero inclusive mais eficaz que apenas observar se o RSPL é maior que 20%. A fórmula consiste em observar se a empresa está melhorando ao longo do tempo a rentabilidade do negócio. Por essa fórmula, eu prefiro uma empresa com RSPL de 15%, mas que vem melhorando ao longo dos últimos anos a uma empresa com RSPL de 25% e que vem tendo quedas na rentabilidade do patrimônio líquido.

Na imagem abaixo, observamos que apenas 3 empresas conseguiram crescer sua rentabilidade ao longo de todos os últimos 4 anos. E outras 15 tiveram melhoras em 3 dos 4 anos.

Se selecionarmos, as 10 melhores empresas do método simples de Retorno sobre Patrimônio Líquido e compararmos com as 10 melhores do método de Retornos crescentes teríamos o seguinte resultado final se alocássemos 10% em cada ação.

A primeira carteira teria um retorno de 208,20% em 3 anos e meio puxada principalmente pela alta de Magazine Luiza que corresponde a 70% dos ganhos da carteira teórica. Excluindo Mglu3, o ganho seria de 68,6% no período ou uma taxa composta de 16,10% ao ano.

Já a segunda carteira de retornos crescentes teria uma rentabilidade de 229,96% nos mesmos 3 anos e meio, também puxada por Magazine Luiza (MGLU3), mas tivemos um retorno 10% maior nesse caso. Excluindo Mglu3, o ganho seria de 92,77% em três anos e meio, ou uma taxa composta anualizada de 20,63% ao ano.

Mais pra frente, em outro artigo, vamos mostrar o quanto esses 4% ao ano de diferença podem modificar o futuro de uma pessoa ou de uma família.

Sempre é bom lembrar que: resultados passados não representam garantias de rentabilidades futuras. As ações que subiram no passado não necessariamente serão as mesmas que subirão no futuro.

E as ações constantes neste artigo não são recomendações. É apenas um exemplo do que ocorreu no passado, para que os leitores possam entender que além de ter uma alta rentabilidade, há outros fatores tão importantes quanto.

Conclusão:

Ao invés de procurar apenas as empresas que estejam com os maiores retornos sobre Patrimônio Líquido, procure também aquelas que estejam conseguindo melhorar a sua operação, e com isso estejam conseguindo uma lucratividade cada vez maior. O mercado gosta muito disso.

Cabe ressaltar, que falamos apenas um pouco de um indicador neste artigo, existem vários outros que são tão interessantes quanto para se analisar uma empresa. Se você tem curiosidade ou vontade de aprender cada vez mais, não perca a chance de fazer o curso Como Acumular Riqueza e dê uma chance ao seu futuro.

Bons investimentos.

Outras Publicações

Leia Mais

Ebook - Bolsa de Valores para Leigos

Bolsa de Valores Para Leigos

André Fogaça

Nesse e-book você vai dar os seus primeiros passos no mundo dos investimentos e ficar por dentro de alguns detalhes importantes do mercado de ações. Você se sentirá seguro de conversar sobre investimento com qualquer pessoa depois de ler esse livro. Arrisco dizer ainda que você vai ficar louco para começar a investir. Uma boa leitura!

Sem tempo para ler? Assista nossas Palestras Online

Abrir conversa
1
Precisa de Ajuda?
Olá,
Podemos te ajudar?
Powered by