E a Argentina heim?!

Eduardo Voglino

Eduardo Voglino

Sócio do GuiaInvest, especialista em ações e seguidor da filosofia de Value Investing.

Como a brusca queda na Bolsa Argentina pode afetar você

“Los amigos ya no vienen, ni siquiera a visitarme… Nadie quiere consolarme na minha aflicción”.
(“Amigos não vêm mais, nem mesmo para me visitar…Ninguém quer me consolar na minha aflição”).

Trecho da música La Cumparsita – o tango mais famoso da mundo – se encaixa muito bem no atual contexto da Argentina.

No último domingo o mercado foi surpreendido com uma inesperada vantagem do Alberto Fernández (centro-esquerda) nas eleições primárias.

Sabe o que isso significa? A volta do “kirchnerismo”…

Sem me apegar a questões de interpretações políticas, o fato é que o mercado enxerga negativamente a volta do Kirchnerismo.

Na última gestão de Cristina Kirchner, o país teve déficit fiscal, exerceu restrições ao comércio, além de controle cambial.

A volta deste modelo político, com o tesouro praticamente sem reservas no exterior, irá criar uma situação periclitante para os hermanos.

Não existe investidor que se sinta confortável com tal situação, basta verificar o fechamento da bolsa de valores da Argentina (Merval):

A bolsa da Argentina perdeu 23,7 bilhões de dólares, passou a valer menos que o Santander Brasil.

Seguindo a sequência da má digestão por parte dos investidores, o peso argentino chegou a atingir a mínima recorde de 65 por dólar.

Esse movimento acabou por gerar uma queda em nossa bolsa de valores, mas nada alarmante. O investidor estrangeiro enxerga os emergentes como um bloco, justificando a queda na Bovespa.

Algumas empresas possuem negócios diretamente com o mercado Argentino, mas não estão com suas receitas concentradas.

O fato é que como já havia dito, o cenário para a Argentina não está bonito…

Citando novamente o tango mais famoso do mundo:

“Amigos não vêm mais, nem mesmo para me visitar…Ninguém quer me consolar na minha aflição”

Indo para a direção do Kirchnerismo, nenhum “amigo” irá visitar ou fazer algum tipo de negócio com a Argentina…a república platina irá amargar sozinha com sua aflição.

O Brasil por outro lado, mesmo não demonstrando ainda sinais de crescimento, está se preparando para viver uma fase econômica invejável.

  • Reforma da Previdência evoluindo bem
  • Reformas tributárias na pauta
  • Juros baixo
  • Inflação baixa
  • Empresas apresentando retomadas de resultados no trimestre

Você já afundou uma bola (pode ser de futebol) na água? Quando você solta ela sobe com muita energia, acima do nível de água…

O Brasil irá vivenciar esse efeito!

Não faria sentido deixar essa oportunidade passar e sem ser aproveitada.

Sei que muitos investidores ficam inseguros no momento de escolher uma ação e acabam por não investir.

Não quero mais que isso aconteça. Por isso criei um canal com a seleção das melhores e mais seguras ações para se investir durante a vida.

Neste momento são 10 ações que eu estarei indicando para você.

Você descobre tudo isso no meu novo canal.

Canal Ações Para a Vida

Estou te esperando!

Um abraço,

Eduardo Voglino

Outras Publicações

Leia Mais

Ebook - Bolsa de Valores para Leigos

Bolsa de Valores Para Leigos

André Fogaça

Nesse e-book você vai dar os seus primeiros passos no mundo dos investimentos e ficar por dentro de alguns detalhes importantes do mercado de ações. Você se sentirá seguro de conversar sobre investimento com qualquer pessoa depois de ler esse livro. Arrisco dizer ainda que você vai ficar louco para começar a investir. Uma boa leitura!

Sem tempo para ler? Assista nossas Palestras Online

Abrir conversa
1
Precisa de Ajuda?
Olá,
Podemos te ajudar?
Powered by