Educação financeira: 4 formas de buscar conhecimento sobre economia!

Mauricio Baltazar

Mauricio Baltazar

Educação financeira: 5 formas de buscar conhecimento sobre economia!

Atualmente, fala-se muito em conquistar a liberdade financeira. Sem dúvida, qualquer pessoa deseja ampliar os próprios ganhos. Isso é fundamental para se ter uma aposentadoria mais digna, realizar o sonho de trocar de carro ou comprar um imóvel. Para alcançar tudo isso, entretanto, você precisa aprimorar a sua educação financeira.

Conforme amplia a sua rede de conhecimentos sobre as finanças, você aprende a cuidar melhor do seu dinheiro. Os gastos, por exemplo, passam a ser mais coerentes com a projeção financeira feita para um médio e longo prazo. Na hora de investir, por sua vez, você descobre como selecionar as alternativas mais rentáveis naquele momento.

A seguir, serão apresentadas 4 formas de aprimorar o seu conhecimento em economia e finanças pessoais!

 

1. Leitura de blogs especializados em educação financeira

No caso dos blogs, é mais comum encontrar sites com uma linguagem bem parecida com aquela usada nos vídeos. Isso se explica pelo objetivo do blog: promover uma aproximação entre o público e o assunto em questão.

Portanto, lá também é possível encontrar muito conteúdo de qualidade sobre economia e finanças pessoais. A linguagem descontraída do blog tende a facilitar o entendimento de cada tópico.

Isso se dá por meio da apresentação de diversos exemplos práticos, vivenciados diariamente pelos leitores. Em outras palavras, é muito parecido com o formato em vídeo. Assim com existe um tempo para exibição de cada vídeo, cada texto também exige um tempo de leitura. Isso não é nada que uma boa organização de horários não resolva.

Os temas presentes nos blogs são os mesmos abordados no YouTube. Não raro, é possível ter acesso tanto ao conteúdo em vídeo quanto em texto. Então, você pode se programar para estudar cada ponto de uma vez. É possível começar com noções financeiras e, depois, partir para aspectos mais complexos sobre o universo econômico.

Você pode começar a sua educação financeira pelos blogs de veículos consagrados, como:

  • jornal Estadão;
  • jornal Folha de São Paulo;
  • revista Exame.

2. Leitura de livros

A leitura de um único livro já demanda um tempo considerável. No entanto, existem alguns títulos que conseguem fazer com que o leitor nem perceba o tempo dedicado à leitura. Conheça alguns deles!

Naked Economics

De autoria de Charles Wheelan, essa obra tem o intuito de explicar os benefícios da adoção do livre mercado. Para tanto, o autor usa um tom bem-humorado acerca da disputa entre comunismo e capitalismo na época da Guerra Fria.

Na história, alguns soviéticos visitam os Estados Unidos e se surpreendem com a variedade de mercadorias disponibilizadas pelas farmácias do país. A partir dessa brincadeira, Wheelan demonstra as vantagens propiciadas pelo mercado econômico mundial.

Salve-se Quem Puder

Nesse livro, o escritor Edward Chancellor relembra que o mercado econômico está sujeito a constantes oscilações ao longo do tempo. O tópico central da obra é a comercialização de ações nas bolsas de valores.

Crash – Uma Breve História da Economia

Já essa obra é muito mais abrangente, passando por diversos tópicos, como:

  • variação das taxas de inflação;
  • oscilação da valorização das ações na bolsa.

Ao longo do livro, o autor Alexandre Versignassi explora os temas enquanto narra a história da economia mundial. Tudo isso por meio de uma linguagem extremamente descontraída e leve.

3. Acompanhamento de podcasts sobre educação financeira

A vantagem de se recorrer aos podcasts é a praticidade. Embora também contemple arquivos de vídeo, o formato em áudio é muito mais comum.

Além disso, com ele você pode se educar financeiramente em praticamente qualquer lugar e durante a realização de outras atividades. Que tal aprender a gerenciar as suas finanças enquanto cozinha, pratica uma corrida ou pedala ao ar livre? Para quem usa metrô, essa também é uma excelente alternativa.

Existem muitos especialistas em economia que gravam e distribuem podcasts ao longo da semana. Na hora da escolha, vale seguir os mesmos critérios adotados anteriormente com relação ao conteúdo e nível de dificuldade. Eis alguns exemplos de ótimo conteúdo em podcast:

  • CBN — a Central Brasileira de Notícias disponibiliza diversos podcasts sobre investimentos na Bolsa e como cuidar bem do seu dinheiro;
  • NerdCash — esse é um podcast do portal Jovem Nerd, que também grava conteúdos interessantes sobre economia.

4. Realização de cursos online

Se os cursos presenciais sobre finanças parecem distantes da sua realidade, as modalidades online estão aí para resolver o problema. Além disso, muitos desses cursos são inteiramente gratuitos e oferecidos por renomadas instituições financeiras.

GuiaInvest

Essa é uma plataforma que reúne diversos cursos, direcionados a estratégias de investimentos específicas e divididos entre os níveis iniciante, intermediário e avançado. Alguns temas abordados são:

  • como realizar as análises gráfica e fundamentalista — essenciais para quem deseja aprender a investir na bolsa;
  • investimentos interessantes no mercado de renda variável;
  • como  investir no Tesouro Direto.

Gestão de finanças — Banco Central

Com 20 horas de duração, esse curso fala um pouco sobre inúmeros assuntos da área financeira, como:

  • endividamento pessoal;
  • características de cada tipo de investimento;
  • criação de orçamento.

Cursos da CVM

A CVM (Comissão de Valores Imobiliários) não apenas regula o mercado de compra e venda de ações. A instituição também se preocupa em promover cursos educacionais sobre investimento na bolsa. Com os cursos, é possível desvendar alguns mistérios acerca de matemática financeira, além dos rendimentos da poupança e de outros investimentos.

Esses são os melhores caminhos para você aprimorar os seus conhecimentos sobre educação financeira. Obviamente, é possível mesclar o uso de alguns deles ao mesmo tempo. O importante é não perder esse contato regular com o mundo da economia e das finanças. Esse é um dos segredos dos grandes investidores.

Que tal começar o aperfeiçoamento dos seus conhecimentos com essas 6 dicas valiosas sobre educação financeira? Boa leitura!

Outras Publicações

Leia Mais

Ebook - Bolsa de Valores para Leigos

Bolsa de Valores Para Leigos

André Fogaça

Nesse e-book você vai dar os seus primeiros passos no mundo dos investimentos e ficar por dentro de alguns detalhes importantes do mercado de ações. Você se sentirá seguro de conversar sobre investimento com qualquer pessoa depois de ler esse livro. Arrisco dizer ainda que você vai ficar louco para começar a investir. Uma boa leitura!

Sem tempo para ler? Assista nossas Palestras Online

Abrir conversa
1
Precisa de Ajuda?
Olá,
Podemos te ajudar?
Powered by