GSHP3: o maior dividendo da bolsa

GSHP3: o maior dividendo da bolsa. Será que vale a pena investir nessa lista de ações?
Marcelo Fayh

Marcelo Fayh

Sócio do GuiaInvest, especialista na geração de renda através de bons investimentos.

Caro leitor,

Hoje vou cumprir minha promessa com você!

Lembra que no início de dezembro eu falei que te mandaria o ranking das maiores pagadoras de dividendos de 2019?

Promessa é dívida. Aqui está:

Naquele mesmo e-mail eu apontei alguns riscos de tomar decisões olhando somente para estes Rankings.

Vou exemplificar alguns dos riscos mais óbvios de fazer isso.

Há 3 cuidados que você tem que ter ao receber um ranking desses.

Vou citá-los em ordem do mais fácil ao mais trabalhoso.

1) Desconsidere empresas que estão pagando números muito distantes do restante.

Desconfie sempre de números absurdos. Os maiores dividendos não necessariamente são os melhores dividendos.

A General Shopping (GSHP3), líder do meu ranking, é um caso clássico. Precisa ser um gênio para saber que tem algo de errado em uma empresa que pagou de dividendo maior do que o seu próprio valor de mercado?

Dá pra ver que é algo bom demais para ser verdade.

2) Confira se há amortização incluído na conta desse Yield.

Se tiver, coloque a ação no lugar certo do ranking. Certamente ela vai parar lá no final da fila.

Dessas quinze ações, três delas tem “pegadinha” no valor.

A Comgas (segunda do ranking), a Qualicorp (terceira) e a Imc (décima segunda) tem amortização de capital dentro da composição daquele Yield.

Esse tipo de pagamento é não recorrente e pode te fazer pensar que estes números vão se repetir em 2020.

Eles não vão. Fique esperto. Não é daí que sairão os dividendos mais generosos de 2020.

3) Procure por dividendos extraordinários que não se repetirão no futuro.

Eles são consequência de eventos não recorrentes e vão distorcer sua visão sobre a empresa. É o caso da Enauta, que aparece na quarta posição.

Enfim… com estes três cuidados, você escapa da maior parte das armadilhas contidas neste tipo de seleção.

Olha como ficaria o ranking:

Agora, o melhor mesmo a se fazer é além disso tudo, entender o negócio da empresa e “enxergar” nela um futuro promissor.

Afinal o dividendo que importa para você é o que será pago, não os que já foram.

Isso sim vai fazer você identificar as oportunidades contidas nos rankings.

A história é importante, mas o futuro é o que vale.

Abraço.

Marcelo Fayh atua profissionalmente no mercado financeiro desde 2007. Começou como operador de Bolsa, ministrou cursos e palestras pela XP Educação e teve seu próprio escritório de investimentos. Antes de virar analista, atuou como assessor de operações de Fusões e Aquisições. Acredita que qualquer pessoa é capaz de melhorar sua qualidade de vida através de escolhas e investimentos inteligentes. Escreve para o TheCap na coluna Fundos a Fundos.

Compartilhe essa publicação:

Introdução a
Bolsa de Valores

Partindo do zero até a compra da sua primeira ação

Assista à primeira aula gratuita

Outras Publicações