O que fazer com os dividendos que caem na conta

Os dividendos caíram na sua conta. E agora? O que fazer? Nesse artigo eu explico mais sobre o que fazer quando você recebe dividendos das empresas que você é sócio.
Marcelo Fayh

Marcelo Fayh

Sócio do GuiaInvest, especialista na geração de renda através de bons investimentos.

Caro leitor,

Nos últimos quatro anos precisei me mudar três vezes. Em duas dessas mudanças envolveram mudanças profissionais e de cidade.

A primeira delas foi mais tranquila. Apesar de envolver troca de cidade, era só eu e minha esposa envolvidos.

Pouco mais de um ano depois, veio a segunda mudança. Dessa vez não mudamos de cidade mais tínhamos um bebê de colo.

Mais dois anos e lá vem outra mudança, desta vez troca cidade, troca atividade profissional e agora com mais uma criança no colo.

Sim, dois pimpolhos.

Será que foi estressante? Óbvio que sim.

Mas nem tão óbvio assim. O estressante em todos os casos foi DECIDIR.

Decidir ir ou não. Decidir para onde ir. Decidir quando ir.

Pensar em prós e contras, analisar cenários, pensar no que pode acontecer, planejar, ajustar expectativas, entre tantas outras coisas para decidir.

Enfim… um inferno do cão!

Mas depois de DECIDIR, a execução é tranquila.

Nessa hora, a cabeça se recupera e o corpo paga o trabalho.

Existe um termo para esse stress causado pela necessidade de tomar decisões importantes: fadiga de decisão.

Basicamente se descobriu que a qualidade das nossas decisões vai caindo conforme o dia vai passando.

Cansamos de decidir tanta coisa, mesmo as mais básicas e rotineiras.

Sabe aquelas decisões que parecem inofensivas, como decidir a roupa, o que comer, se atende ou não o celular no trabalho?

Elas gastam parte da sua energia que vai fazer falta para decisões realmente importantes que você precisa tomar no seu trabalho ou na sua vida pessoal.

Por que eu estou falando isso em um texto sobre dividendos?

Pois eu tenho certeza que uma das decisões mais difíceis de tomar é onde investir nosso suado dinheiro.

Também sou investidor. Falo por mim também. Investir em ações que pagam constantemente dividendos é se colocar em situação de estar seguidamente decidindo onde reinvestir este dinheiro.

A questão é simplificar essa decisão. Decidir uma vez só. E depois só executar.

Minha sugestão é: com o dividendo recebido dá para comprar mais ações da mesma empresa?

  1. Sim, então compre da mesma e facilite sua vida.
  2. Não, então junte com os dividendos das outras ações ou FIIs e compre aquele que subiu menos (ou caiu mais) desde sua última compra. ​

Essa é a solução simples e de fácil execução.

A condução dos seus investimentos precisa ser leve. Você precisa focar mesmo é no seu trabalho e na sua vida.

 Investimento só é possível pois você tem uma renda do seu trabalho para começar.

Então foque nisso e coloque o reinvestimento no piloto automático.

Abraço.

Marcelo Fayh atua profissionalmente no mercado financeiro desde 2007. Começou como operador de Bolsa, ministrou cursos e palestras pela XP Educação e teve seu próprio escritório de investimentos. Antes de virar analista, atuou como assessor de operações de Fusões e Aquisições. Acredita que qualquer pessoa é capaz de melhorar sua qualidade de vida através de escolhas e investimentos inteligentes. Escreve para o TheCap na coluna Fundos a Fundos.

Compartilhe essa publicação:

Outras Publicações