Os 5 Princípios de Ray Dalio Para Você Investir Melhor

Veja as estratégias que o megainvestidor usou para se tornar bem sucedido na vida e no trabalho.
André Fogaça

André Fogaça

Co-fundador do GuiaInvest, pós-graduado em Economia e Consultor de Investimentos CVM

Os 5 Princípios de Ray Dalio Para Você Investir Melhor

Durante quarenta anos de mercado financeiro, Ray Dalio utilizou alguns princípios, que ele classifica como verdades fundamentais, para tomar as melhores decisões e alcançar os sucesso pessoal e profissional.

Seus princípios podem ser aplicados repetidamente em diversas situações cotidianas para nos ajudar a conquistar nossos objetivos.

Ray Dalio é uma das personalidades mais influentes do mundo dos investimentos. Com uma fortuna estimada de US$ 22 bilhões, ele é o fundador e chefe de investimentos da Bridgewater Associates, uma das maiores gestoras de fundos de hedge do mundo, com mais de US$ 150 bilhões sob gestão.

No livro “Princípios”, Ray Dalio traz uma coletânea de estratégias que desenvolveu ao longo da vida e mostra a importância delas para seu sucesso. 

Segundo o megainvestidor, essas “verdades fundamentais” são a base para um comportamento que proverá tudo aquilo que desejamos e podem ser determinadas e aprimoradas durante a vida.

Ray Dalio é muito claro quando diz que para atingir resultados excepcionais é necessário forçar nossos limites.

Quando se faz isso, é natural que apareçam desafios e ocorram fracassos, mas o que você faz quando isso acontece é determinante.

A jornada do herói consiste em diagnosticar o que produziu a falha e desenvolver um plano para lidar com ela e assim, progredir.

Ray Dalio teve uma trajetória profissional extremamente bem-sucedida, mas seu caminho não foi composto só por acertos. 

Ele, inclusive, cometeu um grande erro que se tornou um divisor de águas para a sua carreira, mas foi capaz de superar e seguir em seu processo evolutivo.

Confira os 5 Princípios mais importantes de Ray Dalio e entenda por que este livro é tão conceituado entre investidores e é capaz de te ajudar nos investimentos, na vida e no trabalho.

O livro “Princípios”, de Ray Dalio

O livro “Princípios”, de Ray Dalio, é dividido em três partes.

Na primeira, ele conta um pouco mais sobre a sua vida, principalmente em relação aos desafios que teve no início da carreira.

Depois, aborda os princípios de vida que podem ser aplicados a quaisquer situações. 

Por fim, fala dos princípios de trabalho, que seguem a mesma linha dos relacionados à vida, só que aplicados no âmbito profissional. 

Parte 1: As experiências pessoais

Na primeira parte do livro, Ray Dalio conta sua história de vida, de seu interesse precoce pelo mundo dos investimentos quando ainda criança, seu início no mercado financeiro, até a criação e desenvolvimento da sua empresa. 

Dalio comprou suas primeiras ações quando tinha 12 anos. Tempos depois, viu o seu investimento na Northeast Airlines triplicar quando a companhia aérea realizou fusão com outra empresa.

Seu interesse pelo mercado financeiro o fez estudar finanças na Long Island University e realizar um MBA em Harvard. 

Após ser demitido de uma corretora, fundou a Bridgewater Associates, em 1975, no seu apartamento de dois quartos e a transformou no maior Hedge Fund do mundo.

Em um dos relatos, Dalio traz uma experiência traumática que ele viveu no início da década de 1980, poucos anos depois de ter fundado a sua empresa. 

Por conta de uma previsão mal sucedida, na qual apostou em uma depressão que não ocorreu, ele perdeu muito dinheiro e foi obrigado a demitir todos os funcionários da empresa.

Além de sua credibilidade abalada, a situação era tão delicada que precisou pegar um empréstimo de 4 mil dólares com o pai.

Desse episódio, Dalio percebeu a importância de mudar de postura, reunir as lições aprendidas, tornar-se mais humilde, abrir a mente, reformular o seu caminho e seguir em frente.

Parte 2: Os princípios de vida

A segunda parte da obra é destinada aos princípios de vida de Ray Dalio que, segundo ele, foram fundamentais para que atingisse o sucesso.

Esses princípios regem a vida de qualquer um, em qualquer profissão. Como ele mesmo diz, até se você quiser ficar sentado no sofá e ser bem sucedido, esses princípios vão te levar a isso.

Para isso ele traça a chamada jornada do herói, separando seu processo evolutivo em cinco etapas:

  1. estabelecer objetivos claros;
  2. identificar e não tolerar problemas;
  3. diagnosticar com precisão as causas desses problemas;
  4. criar planos para superá-los;
  5. fazer o que for necessário para alcançar os resultados.

Dalio diz que é fundamental que se aceite a realidade, busque ao máximo a eficiência e se extraia o melhor das circunstâncias. 

Os fracassos no meio do caminho são sempre inevitáveis para quem busca forçar seus limites, e eles devem ser usados como impulsos para evoluir. 

Parte 3: Os princípios de trabalho

A terceira parte do livro é destinada aos princípios de trabalho que, segundo Dalio, são basicamente os princípios de vida só aplicados a grupos.

Ele ressalta a importância de agirmos conforme nossas crenças, mas defende que devemos ler a mente aberta e tentar entender o ponto de vista dos outros, deixando de lado o ego.

A melhor abordagem relacionada ao processo decisório, conforme o autor, é a meritocracia de ideias.

Segundo ele, sua experiência de ter perdido todo o seu dinheiro o fez entender que são as ideias que comandam, e não os cargos. 

Por isso, na Bridgewater Associates, todos expõem suas ideias e as melhores servirão de base para a tomada de decisões.

Os 5 Princípios de Ray Dalio para vida e trabalho

Ray Dalio costuma afirmar que os princípios são guias fundamentais que o auxiliam na elaboração da melhor estratégia para todas as decisões em sua vida.

Veja a seguir os 5 princípios de Ray Dalio que o levaram a escrever seu primeiro livro e como eles podem ajudar você na vida pessoal, no trabalho e nos investimentos.

1- Encare a realidade

Segundo Dalio, você deve parar de viver no mundo de ilusões. Ao invés disso, deve abraçar a realidade e lidar com ela da melhor forma possível.

É da natureza humana não querer aceitar a realidade e ter algum nível de negação quando esta não coincide nossas expectativas, mas é preciso ter consciência da realidade e se basear nos fatos, não nas expectativas ou nos sentimentos. Isso é essencial para evitar perdas e frustrações.

A verdade é que todos os indivíduos e organizações enfrentam problemas, por mais bem-sucedidos que sejam. 

Se você estiver disposto e interessado em abraçar a realidade, enfrentar e lidar com seus problemas e deficiências de frente, poderá criar uma enorme vantagem competitiva.

Ray Dalio é um realista. Segundo ele, essa característica o ajuda a responder aos desafios de maneira oportuna e achar o melhor caminho para realizar seus objetivos.

Mas nem sempre foi assim. Ao longo dos anos ele aprendeu a ajustar sua mentalidade e abordar cada problema como um jogo. 

Cada vez que ele resolve um, cria um princípio que pode ser usado ​​posteriormente para resolver rapidamente problemas semelhantes que surgirem no futuro. Desta forma, ele está constantemente aprendendo e evoluindo. 

2- Tenha a mente aberta

Para Dalio, um dos maiores obstáculos para a tomada efetiva de decisões é o ego.

Você não pode ser arrogante ao ponto de achar que está sempre certo e que as opiniões alheias não são importantes.

Reconheça que você não sabe tudo, e aqueles que estão dispostos a discordar de você podem ter algumas informações úteis e te mostrar pontos cegos.

Dessa forma, Dalio aconselha que você esteja aberto a opiniões diferentes e deixe o preconceito de lado na hora de ouvi-las. Isso vai te ajudar a ter bons resultados.

3- Dor + Reflexão = Progresso

O velho ditado “no pain, no gain”, cuja tradução literal é “sem dor, sem ganho” é uma expressão que afirma que sem trabalho duro, não há vitórias.

A dor boa, nesse caso, é no sentido de sair da sua zona de conforto. No entanto, falhar repetidamente da mesma maneira é apenas estupidez. 

Por exemplo, seu objetivo é atravessar uma parede e você decide bater sua cabeça contra ela até que abra um buraco. 

Na primeira tentativa, sua cabeça dói e nada acontece. Na segunda e terceira tentativa, você faz exatamente a mesma coisa e sua cabeça está sangrando, mas a parede não tem sequer uma rachadura. 

Se você continuar fazendo a mesma coisa, provavelmente se machucará sem nenhum progresso significativo. 

É aqui que a reflexão entra em cena. Você precisa fazer uma pausa, considerar seu esforço até este ponto e criar uma nova estratégia. 

Resumindo, é importante falhar, refletir sobre seu erro, elaborar um novo plano e seguir em frente.

Quando Ray Dalio fundou a Bridgewater Associates, teve sucesso no início, mas pouco tempo depois ele cometeu um grave erro em uma decisão e perdeu quase toda sua riqueza da noite para o dia. 

No livro ‘Princípios: Vida e Trabalho’, Dalio disse:

“Minha experiência nesse período foi como uma série de golpes na cabeça com um taco de beisebol. Estar tão errado – e especialmente tão publicamente errado – foi incrivelmente humilhante e me custou quase tudo o que construí na Bridgewater.”

Mesmo assim ele não se deu por vencido. Ao invés disso, pegou sua dor, refletiu sobre o que fez de errado e conseguiu progredir.

Na nossa vida, na nossa carreira, seja como indivíduo ou em uma companhia, chega um momento em que cometemos erros, mas isso não significa que você tenha que ignorá-los.

Seguir em frente é vital, mas seguir em frente sem refletir sobre a dor que os erros trouxeram é como não aproveitar uma oportunidade de ouro para aprender e crescer. 

Se você está enfrentando alguma queda séria, é crucial que reflita sobre isso e faça reparações sábias e ponderadas para não cometer os mesmos erros da próxima vez.

4- Entenda que as pessoas são diferentes

Pessoas com talentos diferentes pensam diferente. Isso não significa que uns são mais fracos ou fortes que outros, mas que todos nós temos nosso conjunto de talentos e fraquezas em áreas como criatividade, habilidades pessoais, bom senso e atenção aos detalhes.

Ao longo de toda sua vida Dalio praticou a discordância construtiva

A teoria é muito semelhante ao princípio de ter uma mente radicalmente aberta. Basicamente, ele diz para se cercar de pessoas muito boas em suas áreas, mas que ao mesmo tempo discordam de você.

O que você precisa fazer é buscar entender profundamente estes pontos de discordância. O objetivo é ter a mente tão aberta que você possa ouvir as opiniões dos outros para chegar à realidade.

Isso com certeza aumentará a probabilidade de se tomar a melhor decisão certa, além de ser um grande processo de aprendizagem mútua.

5- O Processo de 5 Etapas

Fonte: Livro “Princípios”, Ray Dalio.

A imagem acima é uma das mais importantes do livro e ilustra o processo iterativo de se tornar melhor e alcançar seus objetivos. 

A maioria das pessoas pode achar que o progresso é linear, do tipo: objetivo → problemas → soluções → conclusão.

Ray Dalio pensa diferente. Ele adota uma mentalidade de melhoria contínua, muito mais eficaz para atingir as metas. 

Esse modelo mental está baseado em 5 pontos-chave:

  1. Objetivos: Estabeleça objetivos claros;
  2. Problemas: Identifique os obstáculos e não tolere problemas;
  3. Diagnóstico: Diagnostique com precisão as raízes desses problemas;
  4. Design: Crie um plano para superá-los;
  5. Execute: Faça o que for necessário para alcançar os resultados.

Repita.

Funciona assim:

Você traça um objetivo que te obriga a sair da sua zona de conforto e se esforçar para alcançá-lo, mas no meio do caminho encontrará problemas.

Quando isso acontecer, você faz o diagnóstico para ver o que aconteceu e traça um novo plano para superá-lo e, por fim, executa.

Ao executar rumo a outro objetivo, provavelmente você vai encontrar um novo problema. O que precisa fazer é identificar as causas desse problema, criar outro plano e fazer de novo.

Esse é um caminho que sempre vai se repetir, pois quando você se desafia, surgirão problemas, mas você precisa ter a capacidade de superá-los e seguir.

Fonte: Livro “Princípios”, Ray Dalio.
  1. Estabelecer objetivos claros

Segundo Dalio, as pessoas fracassam porque não conseguem escolher entre diferentes opções. Se você não estabelece uma prioridade, acaba perdendo o foco e não se esforçando o suficiente para alcançar o que deseja.

Por isso, é fundamental que o objetivo esteja bem definido, pois ele o guiará em uma direção específica.

Além de claros, os objetivos precisam ser alcançáveis e trazer um significado pessoal. 

  1. Identificar os obstáculos e não tolerar problemas

Quando você corre atrás do que deseja, eventualmente vai se deparar com grandes crises, problemas e emergências.

Quando a vida te apresenta esses tipos de desafios, a sua missão é sempre fazer a melhor escolha possível e controlar as suas perdas, protegendo aquilo que já conquistou.

Reconhecer o problema é o primeiro passo para solucioná-lo. 

Claro que quando nos deparamos com erros, problemas e frustrações, isso causa dor. Dalio diz para aproveitar essa dor para refletir e assim, se tornar melhor. 

Veja os problemas como pontos que merecem sua atenção para melhorias potenciais.

Todo problema é uma oportunidade e por causa disso, examine o que você fez para chegar até ali e o que pode fazer para contornar esse obstáculo e não cometer o mesmo erro no futuro.

Uma vez identificado um problema, não o tolere mais. 

  1. Identificar a origem dos obstáculos

Um erro comum quando nos deparamos com um problema é sair atuando na resolução sem antes ter o diagnóstico correto das causas. 

Muitas vezes, os sinais que você encontra é apenas a causa aparente de um problema profundamente enraizado. 

Se você resolver esse problema somente superficialmente, outros problemas parecidos continuarão surgindo.

Por isso, é preciso tirar um tempo para que se possa fazer esse diagnóstico. Isso significa estar aberto a críticas e pontos de vistas diferentes, para visualizar múltiplas possibilidades.

  1. Criar um plano para superar os obstáculos

Depois de identificar a verdadeira causa do problema, crie um plano para contorná-lo ou superá-lo. Somente depois disso é que se deve partir para a execução.

  1. Fazer o necessário para executar o plano corretamente

Uma vez que você tenha um objetivo elaborado e um plano bem traçado, você deve se comprometer para que as soluções sejam executadas para alcançar seu objetivo.

Para isso, é preciso muita disciplina e acompanhamento dos resultados.

Resumindo

Os princípios de Ray Dalio foram seu combustível para sua evolução pessoal e profissional.

Todo este processo evolutivo pode ser descrito por meio dos 5 passos para conseguir o que você quer: 

1) defina seus objetivos; 

2) identifique e não tolere problemas; 

3) diagnostique estes problemas; 

4) desenhe mecanismos de como solucionar estes problemas;

5) execute as soluções propostas.

Agora que você já sabe a mentalidade que precisa para resolver qualquer obstáculo que surja na sua vida, está na hora de partir para a prática de construir seu futuro e sua independência financeira.

Para continuar sua jornada de conhecimento pelos investimentos, assista a aula online grátis para conhecer os 7 princípios para ganhar de R$ 5 mil a R$ 20 mil por mês com dividendos.

Compartilhe essa publicação:

Introdução a
Bolsa de Valores

Partindo do zero até a compra da sua primeira ação

Assista à primeira aula gratuita

Outras Publicações

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação e a nossa plataforma. Ao utilizar os nossos serviços, você concorda com tais condições. Para mais informações, visite nossos Termos de Uso e Serviços.