Os 7 Pecados Capitais Que Investidores Inteligentes Não Cometem

Hoje quero falar sobre um trecho do livro Os segredos de Warren Buffett e George Soros - O que você pode realmente aprender com os investidores mais bem sucedidos do mundo, do australiano Mark Tier. Na obra, Tier sintetiza a forma como dois dos maiores investidores de todos os tempos pensam e executam suas estratégias de investimento, principalmente do ponto de vista psicológico.
Andre Fogaca

Andre Fogaca

Sócio-fundador do GuiaInvest e formado em Administração e pós-graduado em Economia pela UFRGS.
Os 7 Pecados Capitais Que Investidores Inteligentes Não Cometem

Investidores inteligentes precisam estar sempre atentos para não cair em armadilhas que são verdadeiros pecados capitais no mundo dos investimentos. É isto que você vai aprender neste artigo. Acompanhe.

Derrubar mitos que envolvem o investimento em ações, comentar erros e apresentar caminhos são algumas de minhas missões aqui no blog. Para isso, gosto sempre de recorrer aos grandes mestres.

Hoje quero falar sobre um trecho do livro Os segredos de Warren Buffett e George Soros – O que você pode realmente aprender com os investidores mais bem sucedidos do mundo, do australiano Mark Tier. Na obra, Tier sintetiza a forma como dois dos maiores investidores de todos os tempos pensam e executam suas estratégias de investimento, principalmente do ponto de vista psicológico.

—> Eu já havia escrito aqui no blog sobre outro trecho, dedicado aos quatro hábitos vencedores nos investimentos.

O segundo capítulo (que, como todos os outros, é embasado por comentários de Buffett e Soros), é dedicado aos sete pecados capitais dos investimentos, que são causados, segundo o autor, por “convicções equivocadas sobre como alcançar sucesso ao investir”.

Os 7 Pecados Capitais Que Investidores Inteligentes Não Cometem

Curioso para saber se comete algum? Vamos a eles!

1 – Acreditar que você precisa prever o próximo passo do mercado para obter um excelente retorno

Os 7 Pecados Capitais Que Investidores Inteligentes Não Cometem

Warren Buffett, quando questionado a respeito do que pensa sobre previsões, disse que elas podem dizer muito sobre quem as profetiza, mas não dizem nada sobre o futuro. No livro, o autor destaca que investidores inteligentes e bem-sucedidos não confiam nas previsões do mercado.

Tanto Buffett quanto Soros são os primeiros a admitir que, se acreditassem em previsões, já estariam falidos. As previsões são a viga mestra dos boletins econômicos e de marketing dos fundos mútuos – não do sucesso nos investimentos.

2 – Acreditar em “gurus”: se eu não sou capaz de prever o mercado, há alguém em algum lugar capaz disso. Tudo o que preciso fazer é encontrar essa pessoa

Seu cérebro pode ser seu pior inimigo se você não tiver serenidade e controle emocional para investir. Portanto, se você não é uma vítima do erro anterior, mas acredita que outra pessoa pode ter o “dom” que você não tem de prever o futuro, tenha muito cuidado.

Às vezes, o discurso de “gurus” pode realmente soar convincente, mas seja cauteloso com o que acredita.

Como afirma John Train em seu livro O toque de midas – As estratégias que fizeram de Warren Buffett o investidor mais bem-sucedido do mundo, “o homem que descobre como transformar chumbo em ouro não vai contar seu segredo por US$ 100,00 ao ano, tampouco vai contar seus truques de graça nos noticiários da TV”.

3 – Acreditar que é por meio de “informações privilegiadas” que se consegue ganhar muito dinheiro

Você sabe qual é o grande segredo dos maiores  investidores inteligentes de todos os tempos? Não são os contatos quentes que eles têm em Wall Street ou em grandes corporações. Sua fonte favorita para obter as informações que baseiam seus investimentos não são nada mais do que os relatórios anuais das empresas, disponíveis gratuitamente para Buffett, para mim e para você.

4 –  Diversificar*

diversificar investimentos

O que consagrou de Soros e Buffett foi sua habilidade de identificar empresas extraordinárias e comprá-las no melhor momento possível. Ou seja, com descontos inacreditáveis, segundo a lógica do value investing. Esse cuidado prévio (respaldado pela margem de segurança) é o que possibilita uma menor diversificação.

*Esse é um pecado que merece ser analisado com parcimônia, porque o conceito de diversificação é bastante relativo. Entenda que o conceito não sugere que você deva aportar 100% de seu capital em uma empresa. Estamos falando de investidores inteligentes e bilionários. O que fica desse pensamento é a importância de uma lição de casa impecável antes de comprar ou vender um papel.

5 – Acreditar que é necessário assumir riscos muito altos para obter grandes lucros

Investidores inteligentes são muito parecidos com empreendedores. Entre seus pontos em comum estão o fato de que ambos querem evitar riscos e minimizar prejuízos. É como bem diz George Soros:

Primeiro sobreviva; deixe para ganhar dinheiro depois.

Sabendo que é mais fácil perder do que ganhar dinheiro na bolsa de valores, é preciso usar ferramentas e contar com mecanismos para evitar o colapso financeiro. Pelo lado dos investimentos, é por isso que a margem de segurança é um dos principais pilares do value investing.

Segundo Tier:

Evitar riscos é fundamental para acumular riquezas. Se você assumir grandes riscos, terá maior probabilidade de sofrer grandes prejuízos do que de obter lucros gigantescos.

Por mais que a tentação de ser um investidor arrojado e com apetite ao risco possa ser, às vezes, tentadora, lembre-se sempre das duas grandes regras de Buffett para investir:

Regra 1 – Não perca dinheiro

Regra 2 – Não esqueça a regra 1

Se sentir vontade de arriscar mais, faça isso com uma pequena parcela do seu patrimônio, que se for perdida, não lhe renderá noites em claro e dores de cabeça. Juízo!

6 – Acreditar no “sistema”

acreditar no sistema

Alguém, em algum lugar, desenvolveu um sistema, uma fórmula secreta que combina análises técnicas e fundamentalistas, negociações computadorizadas, triângulos de Gann e, quem sabe, astrologia – que garante a obtenção de lucros nos investimentos.

Um pecado comum àqueles que não se preparam devidamente, têm pouco respeito ao seu patrimônio, acreditam cegamente em gurus e, me perdoe a brincadeira, acreditam em duendes e no Papai Noel, é cair na balela desse “sistema”.

Como diz Warren Buffett:

As pessoas estão à procura de uma fórmula e esperam que, se encontrarem a receita certa, só terão de ligar o computador e observar os dígitos de suas finanças crescendo cada vez mais.

Faça parte do grupo de investidores inteligentes e não caia no pecado de acreditar que algo assim existe.

7 – Acreditar que se sabe o que o futuro trará – e ter certeza de que o mercado “inevitavelmente” irá provar que você está certo

Essa é uma “convicção” comum durante manias e períodos de altas escandalosas, como a que antecedeu a crise de 1929 e a bolha das empresas ponto com na virada do milênio.

Esse que é o último (mas não menos importante) dos pecados é um desmembramento do primeiro, só que mais perigoso.

Tier explica que o investidor que acredita que deve ser capaz de prever o futuro para ganhar dinheiro está à procura do método “correto” para fazer prognósticos.

O investidor que cai na maldição do sétimo pecado nos investimentos pensa que já conhece as surpresas que o futuro trará. Desse modo, quando a mania chega ao fim, ele acaba perdendo a maior parte de seu capital, ficando, muitas vezes, somente com a roupa do corpo.

A arrogância já derrubou muitos. Não caia no tolo erro de achar que sabe de tudo.

Como lidar com erros ao investir

Tenha a consciência que, cedo ou tarde, você vai errar. Seja caindo em algum dos pecados acima ou não. Nessas horas, você tem duas possibilidades:

  1. Ter consciência que pode falhar, corrigir o erro tão logo o perceba e assumir uma pequena perda.
  2. Manter um investimento perdedor na esperança de que pode recuperar – e acabar tendo um grande prejuízo.

George Soros, brilhante investidor, tem uma frase que resume bem a reflexão que fica deste artigo:

Onde realmente acho que me supero é em reconhecer meus erros… esse é o segredo do meu sucesso.

E você, como age diante de um erro? Vai de opção 1 ou 2?

Bons investimentos.

(Crédito das imagens: shutterstock.com)

Aprenda como ganhar de R$1mil a R$5mil por mês com dividendos, mesmo que tenha somente R$100 para começar.

Outras Publicações

Leia Mais

Bolsa de Valores Para Leigos

André Fogaça

Nesse e-book você vai dar os seus primeiros passos no mundo dos investimentos e ficar por dentro de alguns detalhes importantes do mercado de ações. Você se sentirá seguro de conversar sobre investimento com qualquer pessoa depois de ler esse livro. Arrisco dizer ainda que você vai ficar louco para começar a investir. Uma boa leitura!

Sem tempo para ler? Assista nossas Palestras Online

Abrir conversa
1
Precisa de Ajuda?
Olá,
Podemos te ajudar?
Powered by