Perdi todo meu dinheiro investindo em ações

O risco de não saber o que se faz e seguir dicas quentes de pessoas que não são profissionais do mercado.
Eduardo Voglino

Eduardo Voglino

Sócio do GuiaInvest, especialista em ações e seguidor da filosofia de Value Investing.

Olá, investidor!

O ano era 2008: eu havia comprado uma tal de FNAM11 – fundo setorial da amazônia negociado na bolsa de valores –, e estava convicto de que iria multiplicar o dinheiro investido no mínimo 4x.

“Na próxima semana não quero nem saber, vou fazer uma viagem fod*”, pensei alto.

Estava muito confiante e empolgado; afinal, quem não gosta de viajar? Ainda mais quando o “dinheiro” não é uma preocupação.

Você sabe, né?

Não é sempre que um trabalhador com carteira assinada (ex-bancário), pode se dar ao luxo de “ridicularizar” o dinheiro.

E por que eu havia investido todo meu dinheiro na FNAM11?

Ué, havia lido em um fórum qualquer da internet – lembram do Orkut?! – que ela iria “bombar”… Eles não poderiam estar errados! Afinal, quem havia dado essa dica quente tinha o nickname de “Mestre dos Magos”.

Me diga, como não acreditar no Mestre dos Magos?

Dois dias antes de viajar, mais precisamente em uma quarta-feira, abri o home broker para ver de quanto seria meu lucro, mas percebi que FNAM11 não bombou como haviam dito no fórum…

Na verdade implodiu!

Viagem cancelada e carteira vazia. Doeu quase que fisicamente!

A ingenuidade e o amadorismo a ponto de acreditar cegamente em informações de fóruns da internet, me ensinou uma dura lição.

Não existem atalhos…

Considero esse prejuízo – maior que já tive – como o curso mais caro que já paguei sobre investimentos.

Lição aprendida!

Ah… Se algum analista nunca contou sua história de prejuízo, nunca comprou uma ação ou oculta os fatos.

O mercado é um excelente professor, mas se você não tomar cuidado, poderá rodar para sempre!

Apenas em 2010 fui compreender a lógica dos mercados.

Ela é bem simples:

  • Focar em empresas com potencial de crescimento;
  • Ter visão de longo prazo;
  • Permitir que os juros compostos atuem em seu favor;

O simples é o que funciona no mercado.

Forte abraço!

Eduardo Voglino atua no mercado financeiro desde 2007 e já assessorou diretamente centenas de pessoas quando teve seu próprio escritório vinculado à XP. É um entusiasta de buscar valor e assimetrias no mercado de ações. Escreve para o TheCap na coluna Fórmula Buffett.

Compartilhe essa publicação:

Outras Publicações