Qual o melhor investimento para este ano?

Está em dúvida de qual o melhor investimento nesse novo cenário brasileiro? Veja a comparação entre os diversos tipos de investimentos e saiba onde investir em 2019.
Equipe Guiainvest

Equipe Guiainvest

Qual o melhor investimento para 2019? Passado o carnaval, o ano está só no começo, mas já vem sendo marcado por sucessivos recordes na bolsa brasileira e pela manutenção da taxa de juros baixa.

Essas mudanças na economia e no mercado externo ditam os melhores investimentos para se alcançar a independência financeira.

Nesse novo cenário, os investidores que estão acostumados a ficar apenas em opções de renda fixa e de curto prazo, terão que achar alternativas se quiserem ganhar dinheiro em 2019.

A expectativa é de que a taxa de juros continue baixa. Dessa forma, as aplicações de renda fixa tendem a perder rendimento. Isso acontece, uma vez que a renda fixa costuma acompanhar a SELIC e o CDI.

Sendo assim, os especialistas veem este, o melhor momento para investir em ações.

Claro que os melhores investimentos variam de acordo com o perfil do investidor. Assim, para quem é mais conservador, apesar da taxa de juros baixa, ainda há produtos na renda fixa que são uma opção (veremos mais adiante).

Agora, para quem quer diversificar seus investimentos, este é o momento para investir em renda variável.

Fuja: Poupança

Tão importante quanto saber quais os melhores investimentos, é saber aqueles que você deve evitar.

Apesar de ser a queridinha dos brasileiros, a poupança há muito tempo deixou de ser uma boa opção de investimento.

Com a queda dos juros básicos da economia e a manutenção da taxa Selic na sua mínima histórica de 6,5% ao ano, a caderneta de poupança passou a render ainda menos.

A rentabilidade da poupança depende da Selic. Sendo assim, dependendo do momento econômico do país, sua rentabilidade pode até ser menor que a inflação!

Com a taxa Selic atual, a remuneração da poupança está em torno de 4,55% ao ano, mais Taxa Referencial (TR).

Para você entender, quando a Selic está abaixo ou igual a 8,5% ao ano, correção anual das cadernetas fica limitada a 70% da Selic mais a TR.

Quando a Selic for superior a 8,5% ao ano, a rentabilidade da poupança é fixa: 0,5% ao mês mais a TR.

Ou seja, a poupança nem deve ser considerada uma opção para você investir em 2019.

Fique atento: Tesouro Direto

Com o baixo desempenho da poupança, o Tesouro Direto vem caindo no gosto dos investidores mais conservadores.

Considerado um investimento de renda fixa, ao investir no Tesouro Direto, você está emprestando seu dinheiro para o Governo e recebendo juros em troca.

O Tesouro Direto oferece diversos tipos de títulos, seja de curto ou longo prazo, títulos pós e prefixados. Assim, você tem a opção de escolher aqueles voltados para a situação atual da economia.

E é por isso que se deve ficar atento ao Tesouro Direto. Existem títulos que se caracterizam como melhores ou piores de acordo com a baixa ou alta taxa de juros, por exemplo.

O chamado Tesouro Selic, antigo LFT, é um título pós-fixado atrelado à taxa de juros básica da economia, a Selic.

Dessa forma, o Tesouro Selic se torna o melhor investimento quando a taxa de juros está alta.

Atualmente, com a Selic baixa e sem perspectivas de aumentar, o Tesouro Selic não é um considerado um bom investimento.

Porém, ainda existem boas opções de renda fixa. O segredo é sair dos produtos atrelados ao CDI, que acompanha a taxa de juros Selic e investir em produtos prefixados.

Devido à manutenção da taxa Selic em patamares baixos, os títulos do Tesouro Prefixado, hoje, são as melhores opções de investimentos de títulos do Tesouro Nacional.

Invista: Ações

Com os investimentos de renda fixa perdendo atratividade, as ações começam a ganhar espaço na preferência de muitos investidores.

São diversos os fatores que apontam este ano como o melhor momento de se investir em ações no Brasil.

O desempenho da Bolsa de Valores brasileira está batendo sucessivos recordes e ainda há um bom potencial para as ações brasileiras se valorizarem ainda mais.

A reforma da Previdência, os juros baixos, a agenda de privatizações e os investimentos estrangeiros prometem abrir o mercado e elevar ainda mais a Bolsa.

Se você for ver, historicamente, as ações, principalmente em longo prazo, possuem um rendimento muito melhor do que os investimentos de Renda Fixa.

Não fique de fora do novo milagre brasileiro e faça parte da nova geração de milionários com o melhor investimento para esse ano: as ações.

Outras Publicações

Leia Mais

Ebook - Bolsa de Valores para Leigos

Bolsa de Valores Para Leigos

André Fogaça

Nesse e-book você vai dar os seus primeiros passos no mundo dos investimentos e ficar por dentro de alguns detalhes importantes do mercado de ações. Você se sentirá seguro de conversar sobre investimento com qualquer pessoa depois de ler esse livro. Arrisco dizer ainda que você vai ficar louco para começar a investir. Uma boa leitura!

Sem tempo para ler? Assista nossas Palestras Online

Abrir conversa
1
Precisa de Ajuda?
Olá,
Podemos te ajudar?
Powered by