Qual o Mínimo para Investir em Ações?

Existe um valor mínimo para investir em ações? Veja quais as opções para quem quer investir em ações com pouco dinheiro.
Equipe Guiainvest

Equipe Guiainvest

Qual o mínimo para investir em Ações?

Dentre as dúvidas que cercam o mercado de ações, a mais comum é se existe um valor mínimo para investir.

Com isso, podemos responder prontamente: não. Não existe um valor mínimo para começar a investir em ações.

Seja com 10 reais, seja R$ 100, R$ 200 ou R$ 1.000.

Hoje em dia existem muitas alternativas para quem quer ingressar no mercado acionário e diversificar sua carteira mesmo tendo pouco dinheiro.

Se você tem essa dúvida, mostra que está no caminho certo em busca da sua Liberdade Financeira. Então fique tranquilo pois, não precisa de muito dinheiro para investir.

A única questão de quando se tem um mínimo para investir em ações, é fazer um bom planejamento antes para não comprometer seu orçamento.

É fundamental investir de forma consciente. Se você pode investir esse dinheiro no médio e longo prazo, a Bolsa de Valores pode ser uma boa opção.

Atente-se também em relação às taxas e aos custos com a corretagem, isso é imprescindível para você que vai começar com pouco.

Ao investir em ações você escolhe entre duas modalidades: a compra de ações à vista, na qual você só consegue comprar um mínimo de 100, 1.000, 10.000 ou ainda 100.000 ações de uma empresa. Sendo que cada ação custa em média 10 reais, ou seja, é necessário mais dinheiro para começar.

Ou então você pode comprar através de outras opções, como as que listaremos abaixo:

– Mercado Fracionário

– Fundos de Ações

– ETFs

Falaremos melhor de cada um a seguir.

Mercado fracionário

Como as ações no mercado à vista são vendidas por lotes de, no mínimo, 100 ações, o investidor precisa de um investimento inicial maior.

Porém, a solução para quem tem um valor mais baixo para investir em ações é comprar os papéis a partir do mercado fracionário.

Neste mercado as ações são vendidas em pequenas frações dos lotes maiores. Dessa forma pode escolher quantas ações você quer comprar, sem ficar preso ao lote padrão de 100 papéis.

Para comprar ações no mercado fracionário é muito simples.

Basta inserir a letra F no final do código da ação que deseja comprar, por exemplo, as ações da Petrobrás possuem o código PETR4. No mercado fracionário, você consegue comprá-la buscando por PETR4F.

Depois é só escolher a quantidade que quer negociar, seja de 1 a 99.

A desvantagem fica por conta do spread, ou seja, diferença entre o preço de compra e venda, que devido à menor liquidez, pode ser um pouco maior do que o do mercado padrão.

Na prática isso quer dizer que, o preço de um determinado ativo no mercado à vista pode estar mais baixo do que o oferecido no mercado fracionário  – mas nem sempre isso é aplicável.

O mercado fracionário continua sendo uma ótima alternativa para quem quer começar a investir em ações com pouco dinheiro, e é tão vantajoso quanto comprar os lotes comuns no mercado à vista.

Taxa de corretagem

O custo operacional pode ser uma barreira para pequenos investidores. O recomendado é que o custo da operação seja de no máximo 0,5% do total da aplicação.

Geralmente o custo da operação inclui a corretagem, emolumentos da Bolsa de Valores e a taxa de custódia. Esse custo reduzir a rentabilidade quando se dispõe de pequenas quantias mensais, tornando desvantajoso negociar valores muito baixos.

Por isso, cuide para não fazer muitas operações por mês, justamente para a corretagem não acabar com seu rendimento.

Ou então, busque uma corretora confiável que tenha a taxa de corretagem gratuita. Só com esta economia você já consegue guardar cerca de 600 reais por ano, que seria gasto com essas corretagens.

Veja o que o André Fogaça fala sobre  o valor mínimo para começar a investir em ações no nosso canal no YouTube.

Fundos de ações

Qual o mínimo para investir em Ações?

Os fundos de ações são uma espécie de condomínios de investimento onde os investidores interessados confiam o seu capital a uma gestora que estuda e decide em quais ações irão alocar os recursos captados.

O valor mínimo para investir em ações dessa modalidade é baixo. Com R$ 100 já é possível investir em um fundo de ações.

Como você terceiriza a tomada de decisões, sempre terá uma equipe profissional monitorando sua carteira, mas você paga uma taxa de administração por isso.

Ou seja, você perde parte da sua rentabilidade para esses gestores. Além disso, não é você que escolhe as ações que irá investir – outro ponto negativo na nossa opinião.

Neste investimento você pode, a qualquer momento, resgatar as suas cotas. O Imposto de Renda só será descontado no momento dos resgates. Mas não esqueça, o ideal é sempre investir por conta própria.

Saiba mais o que são fundos de ações e como funcionam.

ETFs (Exchange Traded Funds)

Os ETFs, popularmente conhecidos como fundos de índices ou também fundos passivos, são fundos de ações atrelados a índices, como IBrX-50, Ibovespa e Small Cap. Dessa forma, seu desempenho está sempre condicionado aos índices que ele segue.

Ao contrário dos fundos de ações, os ETFs são mais transparentes e não cobram taxas de performance. No entanto, no ETF você também terá seus recursos gerenciados por um profissional. Porém, suas taxas de administração são menores.

Ainda assim, investir por conta própria através do Mercado Fracionário é a melhor opção.

Pronto para começar?

Se você está começando hoje a investir em ações, pode contar com estratégias que até pouco tempo atrás não poderia.

Hoje em dia existem métodos para que você adquira muito aprendizado em pouquíssimo tempo. O que antes você precisaria fazer um MBA para descobrir, hoje você resolve em poucos minutos.

É o que o André Fogaça mostra, neste vídeo de apenas 7 minutos.

Aprenda um jeito ridiculamente simples de encontrar ações com ALTO POTENCIAL de valorização e baixo risco de queda em apenas 1 CLIQUE.

Assista agora mesmo.

Outras Publicações

Leia Mais

Ebook - Bolsa de Valores para Leigos

Bolsa de Valores Para Leigos

André Fogaça

Nesse e-book você vai dar os seus primeiros passos no mundo dos investimentos e ficar por dentro de alguns detalhes importantes do mercado de ações. Você se sentirá seguro de conversar sobre investimento com qualquer pessoa depois de ler esse livro. Arrisco dizer ainda que você vai ficar louco para começar a investir. Uma boa leitura!

Sem tempo para ler? Assista nossas Palestras Online

Abrir conversa
1
Precisa de Ajuda?
Olá,
Podemos te ajudar?
Powered by