Sem preconceitos

Marcelo Fayh

Marcelo Fayh

Sócio do GuiaInvest, especialista na geração de renda através de bons investimentos.

“Eu tinha um certo preconceito com alguns tipos de fundos pois achava que estes só estavam interessados na taxa de administração e no lucro deles…”

Este é um trecho de um e-mail que recebi na semana passada, de uma simpática leitora que elogiou a editoria.

É bastante comum ouvir esse tipo de coisa. Estou falando do preconceito com fundos…

Muitos pensam que se o gestor sabe mesmo ganhar dinheiro, por que ele faria isso para os outros?

E de fato em um primeiro olhar pode fazer sentido, mas se você olhar com um pouco mais de atenção verá que não é bem assim.

Pense comigo…

O gestor é um cara que consegue obter ganhos consistentes e acima da média do mercado.

Digamos que ele invista em ações, o que significa então que consegue superar o rendimento do Ibovespa de forma recorrente.

Ele poderia ficar investindo somente o próprio dinheiro. E com isso ganhar apenas sobre o seu patrimônio.

Ou poderia ajudar outros investidores a ganhar dinheiro também. E de quebra ganhar um pouco sobre cada investidor que pegar carona com ele.

Tipo Uber: dá carona e ganha um dinheirinho…

Cada investidor que embarcar com ele, vai ter que pagar a Taxa de Administração e a Taxa de Performance. O Uber não é de graça, a carona com o gestor também não é.

A Taxa de Administração é um percentual que o fundo cobra para cobrir os seus custos fixos, com todos os envolvidos no trabalho, seja o gestor, o custodiante, o administrador e tudo mais. Para fundos de ações costuma ser entre 2 e 3 por cento ao ano.

A Taxa de Performance é paga somente sobre o quanto o gestor gerar de resultado a mais do que a alguma referência do mercado.

Nos fundos de ações a referência normalmente é o Ibovespa e nos fundos de renda fixa e multimercados costuma ser o CDI.

Já deu para perceber onde quero chegar?

Se o gestor é realmente capaz de entregar resultados acima da média, ele vai ganhar sobre o patrimônio dele e mais sobre uma pequena parcela de todos os outros.

Imagine que há fundos com caroneiros que somam mais de um bilhão de reais. Nem precisa fazer conta, já dá para imaginar que ele pode ganhar um bom dinheiro extra né?

O melhor de tudo é que a maior parte da remuneração dele está completamente alinhada com o interesse dos investidores: ele só recebe se você estiver ganhando acima da média. Se você ganhar igual à média, o gestor não leva nada. Ele tem que realmente fazer a diferença para você.

Da próxima vez que alguém disser para você que o gestor só quer “o lucro dele”, lembre deste e-mail, e me ajude a fazer as pessoas investirem melhor!

Outras Publicações

Leia Mais

Bolsa de Valores Para Leigos

André Fogaça

Nesse e-book você vai dar os seus primeiros passos no mundo dos investimentos e ficar por dentro de alguns detalhes importantes do mercado de ações. Você se sentirá seguro de conversar sobre investimento com qualquer pessoa depois de ler esse livro. Arrisco dizer ainda que você vai ficar louco para começar a investir. Uma boa leitura!

Sem tempo para ler? Assista nossas Palestras Online

Abrir conversa
1
Precisa de Ajuda?
Olá,
Podemos te ajudar?
Powered by