SAPR11: o esgoto lucrativo

sapr11 Sanepar esgoto lucrativo

Caro leitor,

Existe uma máxima que é muito utilizada no combate ao crime organizado.

“Siga o dinheiro”.

Quer encontrar o chefe da quadrilha? Siga o dinheiro.

Lá no final do caminho, estará o beneficiário final.

No mundo dos investimentos essa máxima também tem seu valor, por outros motivos é claro.

A Economática fez um estudo compilando os lucros das empresas que têm ações negociadas na bolsa e os agrupou por setores.

Neste estudo foi tirado o lucro/prejuízo da Petrobras, Vale S.A. e Oi S.A., para não distorcer os valores.

Veja abaixo como ficou essa lista:

Setores mais lucrativos em 2019

Não é coincidência que os setores do topo da lista são comumente os setores mais presentes em carteiras de dividendos.

Bancos, energia elétrica, telecomunicações, saneamento, finanças e seguros são os setores preferidos por muitos investidores de dividendos.

Será que isso é por acaso?

Obviamente, não é por acaso.

Se voltarmos para o básico do básico, revisitaremos o conceito de dividendos, que é a parte do lucro líquido da empresa que é distribuída aos acionistas.

Portanto é bastante óbvio que é daqui que vão sair as melhores pagadoras de dividendos.

Todas as ações da Seleção de Dividendos estão em seis destes dez setores.

Você consegue tentar adivinhar quais são os seis setores?

Claro que não basta ser destes setores para ser uma boa empresa para se investir.

Esse pode ser o começo do garimpo.

Mas tem que investigar e analisar muita coisa dentre esse monte de empresa que está contida nessa lista aí.

Uma eu já entrego de lambuja para você.

Sanepar (SAPR11) é uma delas.

Perceba que não é do topo da lista, ela está lá no meio.

Não é só tamanho do lucro que importa.

Tamanho até é documento, mas não é tudo.

Tem que ver qualidade da gestão, endividamento, consistência histórica dos números entre outras coisas mais.

Siga o dinheiro, mas não procure só tamanho.

Qualidade é ainda mais importante.

As 10 ações contidas na carteira do Canal Seleção de Dividendos são extremamente sólidas e estão atravessando essa crise muito bem, obrigado.

Abraço.

Marcelo Fayh atua profissionalmente no mercado financeiro desde 2007. Começou como operador de Bolsa, ministrou cursos e palestras pela XP Educação e teve seu próprio escritório de investimentos. Antes de virar analista, atuou como assessor de operações de Fusões e Aquisições. Acredita que qualquer pessoa é capaz de melhorar sua qualidade de vida através de escolhas e investimentos inteligentes. Escreve para o TheCap na coluna Fundos a Fundos.

SANB11: puxando a locomotiva da bolsa

a primeira acao de 2020

Olá, como você vai?

Tenho uma reflexão pertinente para o atual momento do mercado e veja se você concorda comigo?

O Banco Santander Brasil (SANB11) vai abrir a temporada de resultados das empresas listadas bolsa de valores, referente ao exercício do 4º trimestre de 2019.

Toda cobertura dos resultados será feito pelo nosso portal parceiro, The Capital Advisor, que inclusive já publicou uma agenda completa​, com a data de divulgação de todas as empresas listadas.

E sabe por que isso é importante para você?

Porque é quando as empresas divulgam os resultados que podemos reforçar ou questionar teses de investimento.

Será que a Weg (WEGE3) vai largar mais um resultado espetacular e confirmar que é uma das melhores ações da bolsa e que toda sua alta de 2019 tem respaldo nos resultados?

Será que a Via Varejo (VVAR3) vai confirmar a tão esperada melhora nos resultados e se tornar uma das small caps mais promissoras da bolsa para 2020?

Será que a Itaúsa (ITSA4) vai novamente calar os críticos e mostrar que segue indo muito bem obrigado e, de quebra, anunciar um dividendo cavalar para março?

E a Magalu (MGLU3), continua crescendo no mesmo ritmo?

Isso você só sabe após a divulgação dos resultados.

Os números e a história da empresa são o que são.

Perspectivas futuras podem ser frustradas e, no longo prazo, o preço das ações responde ao desempenho dos lucros das empresas listadas.

A história narra o que foi, não o que poderia ter sido.

Sendo assim, é a partir da divulgação dos resultados que você tem as informações que mais importam para os seus investimentos.

Prestar atenção nisso é mais importante do que STF, Maia, Bolsonaro, Trump, Irã, China e afins.

Nem sempre o que rende mais assunto é o que mais importa.

Estamos otimistas com o momento das empresas listadas e acreditamos que muitos gatilhos positivos podem vir daqui​.

Existe risco de algo dar errado e dos resultados não saírem tal qual o esperado?

Claro que existe, do contrário seria um investimento mais do que óbvio.

O investimento em ações costuma dar muito retorno justamente por não ser óbvio.

Mas no caso das coisas darem certo nos próximos dias, sairá na frente que se posicionou antes.

Simples assim.

Martin faz parte da equipe do GuiaInvest desde início de 2017. É Mestre e Bacharel em economia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escreve para a TheCap na coluna Contra a Corrente.